Barcelona teve, sozinho, 56% do déficit de La Liga

Com 481 milhões de euros de prejuízo, o Barcelona somou mais da metade do déficit da primeira e segunda divisão.
Com 481 milhões de euros de prejuízo, o Barcelona somou mais da metade do déficit da primeira e segunda divisão. Foto: (Marc Graupera Aloma/Europa Press via Getty Images)

Divulgado pela La Liga, entidade que comanda e rege o Campeonato Espanhol, o balanço financeiro da temporada 2020/2021 mostrou um déficit de 892 milhões de euros, aproximadamente R$ 4,8 bilhões na cotação atual, entre os clubes da primeira e da segunda divisão da Espanha. O Barcelona, sozinho, teve 56% deste índice negativo.

Em profunda crise financeira, que fez com que Lionel Messi, o grande jogador da história do clube, o Barça teve receitas de 631 milhões de euros, aproximadamente R$ 3,4 bilhões na cotação atual, mas seu resultado final, principalmente por conta de impostos cobrados, foi de 481 milhões de euros negativos (R$ 2,6 bilhões).

Leia também:

Principal causa dos registros financeiros negativos, a Covid-19 gerou queda nas receitas em dias de jogos, como ingressos, alimentação, bebidas, estacionamento e toda e qualquer outra forma de gasto em um match day.

No pior ano economicamente da história da competição, os clubes de La Liga tiveram registro de 3,8 bilhões de euros em receitas, 24% a menos do que o que foi registrado na temporada anterior. A expectativa da organização é de que, com o retorno do público aos estádios e as medidas mais brandas em relação ao distanciamento social, as receitas subam para 4 bilhões de euros na temporada atual.

Apesar dos registros financeiros no vermelho, o Barcelona irá reformar o Camp Nou a partir do próximo ano, o que fará com que os culés mandem seus jogos no Estádio Olímpico Lluís Companys. O prazo estipulado para a reforma é de três anos, indo de junho de 2023 a 2026.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos