Barroso cobra do governo informações sobre saúde nas aldeias ianomâmi e determina adoção de providências

BRASÍLIA – Após a revelação do grave quadro de saúde nas aldeias ianomami, com desnutrição infantil, malária e avanço do garimpo ilegal em comunidades, o ministro Luís Roberto Baroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) cobrou informações do governo federal sobre a situação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos