Barroso viaja aos EUA e assina acordo para que OEA acompanhe eleições municipais

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 17.10.2019 - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, 17.10.2019 - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, chegou aos Estados Unidos nesta quinta-feira (8) para assinar um acordo com a Organização dos Estados Americanos (OEA) para que a entidade seja observadora das eleições municipais de novembro no Brasil.

Barroso se reunirá com o secretário-geral da OEA, Luís Almagro, e com o diretor do Departamento de Cooperação e Observação Eleitoral daquele organismo, Gerardo de Icaza.

Em Washington, o ministro também se encontrará com o comissário da Comissão de Assistência às Eleições dos Estados Unidos (U.S. Election Assistance Commission, EAC), Thomas Hicks.

Na sexta (9), ele participará de uma reunião com dirigentes da Fundação Internacional para Sistemas Eleitorais (International Foundation for Electoral Systems, Ifes).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos