Bater ponto pelo WhatsApp já é uma realidade

·2 minuto de leitura
Logo do WhatsApp em tela de celular
Para registrar o ponto, basta enviar uma mensagem para o chat da empresa
(AP Photo/Patrick Sison, File)
  • Startup brasileira cria registro de ponto pelo WhatsApp

  • Novidade beneficia quem tem pouca memória no celular ou muda muito de setor

  • Sistema conta com respostas automáticas e permite conclusão da tarefa em menos de 30 segundos

‘Já imaginou bater ponto pelo WhatsApp?’ É com esse questionamento que a Pontomais anunciou sua nova solução integrada que permite que funcionários façam o registro da jornada de trabalho pelo aplicativo de mensagens.

Segundo a startup brasileira, a novidade foi pensada para facilitar a tarefa e atender pessoas que têm pouco armazenamento disponível no celular e não conseguem instalar outros aplicativos. A saída também ajuda quem se desloca com frequência de um setor ao outro.

Leia também:

Em menos de 30 segundos, o trabalhador registra o início do expediente. Disponível nas empresas que utilizam a plataforma da Pontomais, a solução funciona da seguinte maneira: após fazer um cadastro, o funcionário recebe o número do WhatsApp da startup. Basta, então, enviar uma mensagem no chat com comandos como ‘bater ponto’, ‘registrar ponto’ ou ‘quero registrar’.

Após o envio, a confirmação do registro é feita de forma automática dentro de alguns segundos. O usuário também pode consultar a jornada diária dentro de até três meses, os registros do dia, horas extra, horas faltantes e banco de horas.

Ainda é possível solicitar férias pelo celular e visualizar a quantidade de dias a serem tirados.

Futuro do trabalho

Apesar da pandemia ter acelerado a adoção do home office e de novas tecnologias dentro das empresas, há um movimento contrário por parte de multinacionais. Como exemplo, é possível citar o Google, que gastou recentemente R$ 11 bilhões na compra de um novo edifício comercial.

Outras empresas também anunciaram a compra, aluguel ou construção de escritórios, como Facebook, Amazon e Alphabet. De acordo com a Forbes, a meta é atender às demandas das novas gerações, que não abrem mão do sentimento de pertencer. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos