Bateria quântica abre o caminho para recargas instantâneas

Nova tecnologia de baterias quânticas pode abrir era de recargas instantâneas
Nova tecnologia de baterias quânticas pode abrir era de recargas instantâneas
  • Tecnologia está sendo desenvolvida em uma parceria entre cientistas italianos e sul-coreanos;

  • Carro elétrico pode ser carregado em até três minutos em estações domésticas normais;

  • Bateria quântica ainda está longe de chegar ao público.

Uma parceria de cientistas sul-coreanos e italianos pode trazer ao mundo uma nova geração de baterias com o potencial de revolucionar o armazenamento de energia: as baterias quânticas, usam as mesmas propriedades estranhas da mecânica e dos computadores quânticos em desenvolvimento. Espera-se que elas sejam capazes de realizar uma recarga instantânea.

A equipe de pesquisadores do Instituto de Ciências Básicas da Coréia e da Universidade de Insubria, na Itália, conseguiram combinar a tecnologia das baterias convencionais com um sistema mecânico quântico conhecido como micromaser. Ele usa um campo eletromagnético para armazenar energia carregada através de um fluxo de qubits, enquanto protege simultaneamente contra o risco de sobrecarga.

Os pesquisadores sul-coreanos já calculavam que a tecnologia de baterias quânticas poderia reduzir os tempos de carregamento doméstico de carros elétricos de 10 horas para apenas três minutos, enquanto as estações de supercarregadores poderiam carregar totalmente um veículo em apenas 90 segundos.

Em um estudo publicado no início deste ano, os cientistas observaram como o tempo de carregamento de uma bateria quântica realmente diminui à medida que o tamanho da bateria aumenta. Isso se deve a um fenômeno conhecido como aceleração quântica, que se relaciona com a maneira como as moléculas ficam mais emaranhadas à medida que a bateria aumenta.

Isso permite que eles carreguem coletivamente como um todo, em vez de carregar em paralelo da maneira que as baterias clássicas fazem.

Um protótipo de bateria quântica totalmente funcional ainda está longe, embora um dispositivo de prova de conceito para carregar baterias quânticas com lasers já tenha sido construído. Se for bem-sucedido, os cientistas esperam que uma nova era de baterias ultra eficientes chegue, transformando a maneira como usamos tudo, de smartphones a carros elétricos.

A pesquisa mais recente foi detalhada em um estudo intitulado ‘Micromasers as baterias quânticas’. publicado na revista científica Quantum Science and Technology.