'BBB 22': saiba o que cada finalista vai fazer com o prêmio de R$ 1,5 milhão

O que cada finalista do "Big Brother Brasil 22" pretende fazer com prêmio de R$ 1,5 milhão? Arthur Aguiar, Douglas Silva e Paulo André têm planos diferentes caso conquistem a quantia na noite desta terça-feira (26). Indepedência financeira, casa própria, investimento para os filhos e vida de luxo estão entre os desejos do trio.

Arthur Aguiar

Se levar a melhor no "BBB 22", Arthur Aguiar conquistará a sonhada independência financeira. O ator ressalta que "não é rico", e que vive em meio a instabilidades profissionais. Quando se separou de Maíra Cardi — com quem ele voltou a viver junto, em dezembro de 2021 —, afirmou que entraria na Justiça para conseguir parte da fortuna da influenciadora digital milionária.

Criado no subúrbio carioca, no bairro Lins de Vasconcelos, na Zona Norte, o ator e cantor de 32 anos foi abandonado pelo pai biológico aos 3 anos. Aos 19 anos, destacou-se como atleta de natação. Aos 21, foi morar sozinho e realizou um dos seus maiores sonhos: comprou um apartamento para a mãe, num condomínio em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Douglas Silva

Com o prêmio de R$ 1,5 milhão, DG deve comprar uma casa mais ampla para morar com a família, como declarou a mulher do ator, Carol Samarão, em entrevista à colunista Patrícia Kogut. "Temos casa própria, mas há um tempo queríamos nos mudar. Acabou que não conseguimos", contou ela.

No início da pandemia, DG havia vendido o carro devido à crise financeira. Durante esse período, o casal cortou um dobrado para sustentar as duas filhas, já que estavam sem trabalho fixo.

Paulo André

O atleta de 23 anos sempre falou no programa que sua intenção, ao entrar no "BBB", era ajudar a família. O maior desejo do velocista é construir uma casa em Vila Velha, no Espírito Santo, para morar com os pais e os irmãos.

O brother lamentou, recentemente, que não teve condições financeiras de levar Carlos Camilo, seu pai e treinador, para os jogos olímpicos de Tóquio em 2021.

P.A. também não nega que quer levar uma vida de luxo, parecida com a de rappers americanos, como ele já declarou. O atleta já afirmou que gostaria de ter uma lancha e um avião, "igual ao Neymar", como já comparou.

"Reforço que ele tem que trabalhar para ter isso. Ele está indo atrás. Não é falar, é agir. Não é que ele vá ter tudo isso, mas se ele atirar na lua e atingir a estrela, já está bom", disse o pai do atleta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos