'BBB 22': Sisters se preocupam com dieta de Bárbara e web aponta transtorno alimentar

·2 min de leitura

A alimentação de Bárbara Heck, participante do "BBB 22", tem chamado a atenção dos internautas e dos outros participantes do reality. Na tarde desta terça-feira, as sisters Brunna e Laís demonstraram preocupação com a dieta rígida seguida pela modelo.

Durante o diálogo, Laís comentou que Bárbara "não come arroz, nem feijão e nem pão, só ovo e café". Brunna respondeu que "ela vai acabar arranjando uma doença por besteira nesse corpo dela". Na sequência, Láis, que é médica, concordou e classificou a dieta de Bárbara como "perigosa": "já falei para ele, mas não adianta", desabafou.

Fora da casa, o assunto tem sido comentado há alguns dias. Depois de chamar atenção ao chupar um limão sem fazer cara feia, Bárbara foi assunto no Twitter por comer pouco e sentir culpa quando foge da dieta. Internautas mais atentos apontaram que a sister já recebeu um alerta da produção do programa para cuidar da alimentação.

No Twitter, o perfil @toquedanutricao, da nutricionista Priscila de Andrade, chamou atenção para a dieta rígida, a auto imagem e o sentimento de culpa da modelo após se alimentar com mais carboidratos, o que considerou "comportamentos clássicos de quem sofre com um transtorno alimentar".

Ao GLOBO, Priscila disse que há vários transtornos alimentares diferentes e que o diagnóstico de deve ser feito por equipe multidisciplinar, portanto, apenas uma avaliação clínica completa poderia confirmar se, de fato, a sister sofre de algum tipo de transtorno.

— Porém, é fato que ela tem um comportamento disfuncional em relação à comida e ao próprio corpo, o que é um fator de risco pra desenvolvimento de transtornos alimentares — explicou a profissional. — Pessoas que têm esse comer disfuncional tem uma relação com o "comer" completamente oposta ao "comer intuitivo", que respeita os limites do próprio corpo e respeita os sinais de fome e saciedade do próprio corpo — acrescentou.

Priscila, que acompanha o reality show, observou comportamentos que considera preocupantes na relação que a modelo tem com a comida. Segundo ela, tais atitudes podem parecer "inofensivas", mas são sinais de alerta.

— Em poucos dias desde que o BBB começou já observei ela ficar em jejum, se alimentar apenas com ovo e maçã, ter episódios compulsivos nas festas e no dia seguinte ficar um período longo na academia, chupar limão para aplacar a fome, negar o convite pro almoço do anjo e explicar que é “porque não come”, se culpar pq comeu macarrão, se chamar de “gorda” e ficar se culpando por comer — enumerou. Ela recomenda que pessoas que apresentam comportamentos semelhantes busquem o apoio de profissionais como um nutricionista, um psiquiatra e um psicólogo, para avaliar se representam riscos para a saúde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos