'BBB' 23: irmã do lutador Cara de Sapato diz que levou susto ao vê-lo no programa

Irmã do lutador Cara de Sapato, do "BBB" 23, Caroline Oliveira diz que soube da participação dele no programa durante o anúncio oficial da Globo:

— Eu estava passando férias na Bahia. Alguns amigos começaram a mandar mensagem no Instagram e no WhatsApp. E eu sem entender. Todo mundo me fazendo a pergunta: "Carol, seu irmão vai participar do 'BBB'?". Neste época de férias, eu não estava dando conta de entender o que rolava. Quando eu vi, foi só no anúncio já. Tomei um susto. Fui falar com minha mãe: "Mainha, você não me disse nada que Juninho ia participar (em referência ao último nome dele, Antonio Carlos Coelho de Figueiredo Barbosa Júnior)". tomei um susto. Ela respondeu: "Mas eu não podia". Porque é sigilo absoluto, né?

Com provocação: marido reage a beijo de Fred Nicácio e Gabriel Santana na festa do 'BBB' 23

Ex de Gabriel Santana: influencer fala de quando ele assumiu bissexualidade: 'Apoio'

Caroline e Cara de Sapato são irmãos por parte de mãe e têm uma diferença de dez anos: ele com 32 e ela, com 42. Ela morou com eles em Salvador até os 23 anos, quando se mudou para Recife. E atribui o fato de não ter sido informada com antecedência a essa distância:

— Ele continuou lá, morando com minha mãe. Eles são muito ligados. Tem um tempo que a gente parou de conviver diariamente. De certa forma, a cumplicidade não é mais a mesma. E também somos de universos bem diferentes. Ele foi para esse caminho do MMA. Eu sou jornalista de formação, trabalho desde sempre com cultura. Sou realizadora audiovisual, trabalhando com figurino, produção, direção e pesquisa.

Por conta desse afastamento, Caroline não acompanhou tão de perto os problemas dele com ansiedade. Esta semana, o atleta teve uma crise e enfrentou dificuldades para dormir:

— Ele tem um histórico. Foi uma questão que atravessou a juventude dele, de maneira mais contínua, mas confesso que não gostaria de entrar nessa seara porque, como saí de casa muito cedo, não quero dar alguma informação errada sobre isso. Mas para ele, estar ali dentro do "BBB" não é um desafio simples. É uma vitrine que... Nossa senhora, que dimensão é essa?

Caroline define o irmão como "um cara suave, mais calado, muito doce e querido pelos amigos". Ela diz que ele sempre fez sucesso com as mulheres. No "BBB", o público já torce por um romance com a médica Amanda:

— Ah, ele sempre foi bonitão, né? Faz sucesso. As minhas amigas falavam: "Nossa, Juninho, quem diria, hein?". Principalmente as que conheceram quando pequeno. Tenho um grande amigo gay que virou para mim: "Você sabe que eu sempre quis ele, né?" — diverte-se ela. — Mas somos de universos diferentes. Queria eu conseguir circular mais com a galera dele. Não é questão de preconceito. É só uma diferença de interesses mesmo. A galera da cultura sempre é mais quebrada financeiramente. Minhas amigas dizem: "Nossa, Juninho só anda com bonde de gatos, gente bem posicionada (ele é amigo do jogador Neymar, do surfista Gabriel Medina e do ator e apresentador João Vicente de Castro, entre outros). Só você mesmo, Carol, para ser tão alheia" (risos). Mas como eu vou fazer? Não consigo sacar muito esse universo dele.

O atleta já foi casado com a advogada Monise Alves, atualmente mulher do surfista Lucas Chumbo, que participou da 20ª edição do "BBB":

— Meu irmão sempre gostou de namoros longos. Eu gostava muito da ex dele, a Monise. Ele namorava há um tempo com ela e se casou no papel em 2017. Eles foram para os EUA, mas, infelizmente, não foi duradouro. Ele se separou não me lembro se em 2018 ou 2019. Ele teve um namoro muito forte com ela. Duas namoradas dele foram marcantes para mim. Mayana e Monise. Me dava muito bem com elas.