"BBB23": Giovanna chora e se justifica após exposição de tweets com termos racistas

Confinados da Casa de Vidro receberam informações externas sobre comentários da sister nas redes sociais

Após as publicações feitas no Twitter começarem a viralizar, os espectadores que foram ao shopping ver de perto os confinados, fizeram questão de avisá-los sobre a situação. No entanto, Giovanna não gostou nem um pouco de saber que resgataram os comentários.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"Pra todo mundo que tá me ouvindo, eu nunca ofendi ninguém sobre p*rra nenhuma. Me chamaram. Eu odeio gente mentirosa", disparou ela. O psiquiatra Manoel não entendeu a situação e ela tentou novamente explicar o que ocorreu na ocasião.

"Eu tava jogando 'League of Legends'", disse ela. Giovanna conta que um dos jogadores começou ameaçá-la de morte e estupro. "[O cara falou] que eu era uma macaca. Literalmente. Aí eu falei: 'Macaca, não fode', porque ele ficou me ofendendo. Só que tiraram de contexto e estão falando que eu ofendi alguém chamando disso", justificou.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

"E o pior, já estão falando que eu sou de direita. Tá nesse nível", contou Giovanna ao brother sobre seu posicionamento político. "Já tá nesse nível?", perguntou ele. "Tá todo mundo louco", completou a empresária.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Pouco depois, a preocupação com a repercussão do caso bateu. "Eu não estou pensando no jogo, eu estou pensando na minha vida fora", disse Giovanna ao prantos, sendo consolada por Paula.

Na casa, os visitantes também alertaram os participantes que um vídeo publicado pela influenciadora Yas Medeiros, que expõe comentários racistas feitos pela sister durante um desentendimento, está viralizando. "Pegaram briga minha de quase 10 anos atrás com uma menina que me odeia. Pedi desculpas pra ela, mas ela não aceitou", desabafou Giovanna.