BBB23: Gabriel Santana é birromântico: e o que isso significa?

Gabriel Santana, do
Gabriel Santana, do "BBB 23" (Foto: divulgação/Globo)

Gabriel Santana, o Mosca, chegou ao Big Brother Brasil deixando claro que está solteiro e disponível para todos os participantes da casa – “meninos, eu estou disponível; meninas também”, disse, ao se apresentar para os colegas no primeiro dia do programa.

Depois disse, em conversa com outros brothers, que embora se identifique como bissexual, “por homens a atração sexual é muito rara”. Na mesma conversa, disse que é birromântico.

Gabriel Santana e Fred Nicácio se beijam (Foto: Globo)
Gabriel Santana e Fred Nicácio se beijam (Foto: Globo)

"É muito doido. Eu me entendo como bissexual, mas acho que sou birromântico. Eu me interesso romanticamente por homens e mulheres, mas por homens a atração sexual é muito rara. Já beijei muito cara na vida, mas transar é muito raro. Eu não tenho essa vontade”, disse.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A psicóloga Michelle Sampaio, especialista em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da USP, explica que sentimentos afetivos e sexuais nem sempre andam juntos –é possível sentir tesão sem gostar e gostar sem necessariamente sentir tesão. Em outras palavras: o que nos excita nem sempre é o mesmo que nos desperta afeto.

É disso que Gabriel está falando quando afirma que, embora tenha interesse romântico por homens e mulheres, na maioria das vezes, são as mulheres que despertam seu desejo sexual.

“É natural notar que romanticamente eu me atraio mais por um gênero do que outro, mas que sexualmente isso não acontece”.Michelle Sampaio

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Sentimentos (afetivos e sexuais) são fluidos

As pessoas ainda enxergam a bissexualidade como promiscuidade, oba oba, como se a pessoa tivesse que se relacionar com duas pessoas ao mesmo tempo para dizer que é bissexual”, reflete Michelle.

E, no caso de Gabriel, as pessoas podem questionar: “Se sexualmente ele não se atrai por homens, será que ele é bi mesmo?”. “Mas, para uma pessoa ser bissexual, as duas coisas não tem que entrar em par de igualdade”, responde a especialista.

“A bissexualidade não tem a ver com a prática, necessariamente, mas como a pessoa percebe seus interesses e desejos”.Michelle Sampaio

É preciso que as pessoas bissexuais parem de ser. (Foto: Getty Creative)
É preciso que as pessoas bissexuais parem de ser. (Foto: Getty Creative)

Michelle Sampaio afirma ainda que sentimentos e desejos são fluidos e, por isso, podem se dirigir para lugares diferentes, em intensidades diferentes e a depender do momento da vida. Ou seja, não é por ser bissexual que uma pessoa precisa estar sempre se relacionando com os dois gêneros, na mesma intensidade.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A ideia de que sentimentos afetivos e desejos sexuais devem sempre estar atrelados, afirma a sexóloga, vem da ideia de amor romântico imposta especialmente às mulheres desde a infância: “Aprendemos que o correto é encontrar o amor da nossa vida e só então podemos começar uma vida sexual – que será para sempre e só com aquela pessoa”.

“Mas é mais do que natural que, mesmo desenvolvendo afeto profundo por uma pessoa, a gente sinta desejos sexuais que extrapolam essa relação”, completa.

1. Bissexualidade é um fato

2. Ser bi não significa ser "meio gay e meio hétero"

3. Não significa namorar várias pessoas ao mesmo tempo

4. Ser bissexual não significa ser promíscuo ou com mais tendência a trair

5. Bissexuais não vão "escolher um lado"

6. Ser bissexual não é um "meio termo"

7. Se uma pessoa bi terminou com você, não é por causa disso

8. Bissexuais não estão procurando por um ménage

9. Pessoas bissexuais só querem pertencer