BC adia segunda fase do open banking para agosto

·3 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, BRASIL, 25-04-2013 - Cliente, entra no Banco Central, no Setor Bancário Sul, em Brasília (DF). (Foto: Sergio Lima/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASÍLIA, DF, BRASIL, 25-04-2013 - Cliente, entra no Banco Central, no Setor Bancário Sul, em Brasília (DF). (Foto: Sergio Lima/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Banco Central adiou para o dia 13 de agosto o início da segunda fase do open banking, que estava previsto para esta quinta-feira (15). Nessa fase, os clientes poderão começar a pedir às instituições participantes o compartilhamento de seus dados cadastrais e informações sobre transações em contas, cartão de crédito e produtos de crédito contratados.

Segundo nota do BC divulgada nesta quarta-feira (14), a alteração na data ocorre porque as instituições participantes ainda estão finalizando testes necessários para registro de suas APIs --conjuntos de protocolos que permitem a um sistema se conectar com outro para consumir dados de maneira padronizada. Será por meio desses mecanismos que funcionará o compartilhamento de dados do open banking.

Executivos do setor que estão a par do assunto e que preferiram não se identificar afirmaram que o pedido de adiamento foi um consenso entre os participantes do sistema. Apesar de apenas os grandes bancos e parte dos médios (participantes dos segmentos S1 e S2 do Banco Central) serem obrigados a participar da segunda fase do open banking, instituições menores, que voluntariamente começarão a atuar nessa fase, também precisariam de mais tempo.

É o segundo adiamento no cronograma de implementação do projeto. No ano passado, o começo da primeira fase, previsto para 30 de novembro, também sofreu alteração --no caso, para 1º de fevereiro deste ano. A razão na época foi a pressão do setor bancário.

A proposta do open banking é adaptar a oferta de produtos e serviços ao perfil de cada cliente, a custos mais acessíveis e de forma mais ágil e segura.

O compartilhamento de dados só poderá ser feito com a autorização expressa do cliente e sempre para finalidades determinadas e por um prazo específico.

Caso queira, o cliente também poderá cancelar essa autorização a qualquer momento e em qualquer uma das instituições envolvidas.

O diretor-executivo da ABFintechs (Associação Brasileira de Fintechs), Marcelo Martins, afirmou que o atraso é positivo neste momento.

"As instituições ainda estão finalizando os testes de certificação, homologação e registros das APIs, ou seja, da tecnologia que fará o open banking funcionar. Ao meu ver, não adianta nada a nova fase começar sem que as instituições estejam prontas", disse.

Procurada, a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) afirmou que os ajustes feitos pelo BC no calendário de implementação do open banking são processos naturais dentro de uma infraestrutura dessa complexidade e magnitude.

"Ao longo de todo o processo, os bancos contribuíram com recomendações técnicas e operacionais e permanecem sugerindo melhorias para trazer maior fluidez e segurança ao funcionamento do sistema", afirmou em nota.

Ainda segundo a Febraban, a expectativa do setor com a implementação completa do sistema é positiva e o open banking tende a incentivar a inovação e a intensificar as ofertas de valor para os clientes, indo de encontro à transformação digital do setor financeiro.

"A federação e o setor bancário continuam engajados com a iniciativa, que trará mais conveniência para seus clientes, além de oportunidades e melhores ofertas de produtos e serviços para o mercado."

*

NOVO CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO OPEN BANKING NO BRASIL

1º de fevereiro de 2021 - Fase 1

Compartilhamento de dados das instituições participantes sobre seus canais de atendimento e produtos e serviços mais comuns, relacionados a contas de depósito à vista, poupança, contas de pagamento pré-pagas e operações de crédito

13 de agosto de 2021 - Fase 2

Compartilhamento de dados cadastrais e transacionais entre as instituições participantes

30 de agosto de 2021 - Fase 3

Compartilhamento de dados de serviços de iniciação de transações de pagamento e possibilidade de encaminhamento de propostas de operações de crédito

15 de dezembro de 2021 - Fase 4

Compartilhamento de dados sobre demais operações, como câmbio, investimentos, previdência e seguros​

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos