BC vê inflação menor em 2017 e cenário fortalece intensificação de corte na Selic

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central passou a ver inflação ainda mais baixa em 2017 e crescimento econômico mais modesto, conforme Relatório Trimestral de Inflação divulgado nesta quinta-feira, no qual também deixou claro que vai fazer uma "intensificação moderada" no ritmo de corte dos juros básicos diante da desinflação mais difundida.

No documento, o BC previu alta de 4 por cento do IPCA em 2017 pelo cenário de mercado, abaixo dos 4,2 por cento em fevereiro e do centro da meta oficial, de 4,5 por cento, com margem de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Para 2018, seguiu projetando avanço de 4,5 por cento, e, para o primeiro trimestre de 2019, a expectativa é de o IPCA subindo 4,6 por cento em 12 meses.

O BC também piorou sua perspectiva para o PIB neste ano, com expansão de 0,5 por cento, contra 0,8 por cento antes.

(Por Marcela Ayres)