BCE considerará mais as mudanças climáticas em sua política monetária

·1 minuto de leitura
Sede do BCE em Frankfurt, Alemanha

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu disse nesta quinta-feira que incorporará ainda mais considerações sobre mudanças climáticas em sua política monetária, incluindo na comunicação, avaliação de risco e decisões sobre garantias e compras de ativos do setor corporativo.

"Olhando para o futuro, o BCE ajustará o quadro que orienta a alocação de compras de títulos corporativos para incorporar critérios sobre a mudança climática, em linha com seu mandato", disse o banco ao anunciar os resultados de uma revisão estratégica há muito esperada.

"Isso incluirá o alinhamento de emissores que seguem, no mínimo, a legislação da UE que implementa o acordo de Paris por meio de métricas relacionadas às mudanças climáticas ou compromissos dos emissores com tais objetivos", acrescentou o comunicado.

A medida é a mais recente de uma série de ações adotadas pelos principais bancos centrais do mundo para reconhecer que sua política monetária deve levar em conta as mudanças climáticas, embora alguns, como o Federal Reserve, insistam que enfrentá-la de fato é responsabilidade dos governos.

O BCE já compra títulos "verdes" e detém cerca de um quinto dos ativos sustentáveis que atendem aos seus critérios de elegibilidade, o que já gerou um aumento na emissão.

(Por Balazs Koranyi)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos