Bebê de 1 ano morre afogado ao cair em piscina no Norte Fluminense

Um bebê de 1 ano morreu afogado depois de cair em uma piscina dentro de casa, na noite da última quarta-feira, em São Fidélis, no Norte Fluminense. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a criança chegou a ser encaminhada em estado grave para o Hospital Armando Vidal, mas não resistiu. O caso foi registrado na 141ª DP (São Fidélis).

Os Bombeiros foram acionados às 19h40 para o endereço da casa onde o bebê estava, na Rua Tenente Vítor Barroso Coelho. No local, os agentes realizaram o procedimento de estabilizar a vítima, antes de levar para o hospital, onde ocorreu o óbito.

Abalado com o caso, o médico plantonista Fábio Abreu, que realizou o atendimento ao bebê no hospital, publicou um relato nas redes sociais.

"Essa vida de médico socorrista de plantão às vezes nos traz felicidade e tristeza. Hoje de plantão, a ambulância 193 chegou com uma criança de 1 ano e 9 meses, vítima de afogamento. Eu e os demais profissionais de plantão, começamos a fazer RCP (ressuscitação cardio pulmonar) por 1h. Como o meu coração está partido, como dói gente, como estou triste, cabisbaixo, como pedi a Deus por várias vezes para nos ajudar a ressuscitar essa criança, fizemos o possível e impossível da forma que aprendemos na teoria e na prática. Lágrimas não paravam de descer dos meus olhos e demais profissionais que estavam na sala vermelha no Hospital Armando Vidal, mas infelizmente não obtivemos sucesso e a criança, um anjo, evoluiu a óbito. Na certeza que esse anjo está junto com o nosso Senhor Jesus Cristo”, desabafou.

Em entrevista ao EXTRA, ele disse estar muito sentido com o caso.

— Com 30 anos de médico plantonista e socorrista, ainda estou psicologicamente abatido e muito triste — contou Fábio.

De acordo com a Polícia Civil, um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias da morte do bebê. Testemunhas estão sendo ouvidas e outras diligências estão em andamento para esclarecer todos os fatos.