Bebê de 6 meses da Guiné morre após barco de migrantes naufragar no Mediterrâneo

Louise Queiroga
·1 minuto de leitura

Um bebê de 6 meses morreu após um barco com migrantes naufragar no Mar Mediterrâneo, a cerca de 110 quilômetros da Líbia, informou a ONG espanhola Open Arms nesta quarta-feira, dia 11.

O bebê, identificado como Joseph, natural da Guiné, foi encontrado em estado grave e recebeu atendimento médico, mas não resistiu. O fundador da instituição, Oscar Campos, relatou que 111 pessoas já foram resgatadas nesta quarta, algumas delas crianças. Equipes que participaram do resgate também retiraram cinco corpos da água.

"Somos um grupo de voluntários com um barco velho e ainda que o esforço seja grande, sozinhos no mar não podemos conter a tragédia do Mediterrâneo", lamentou Campos em um post no Twitter.

De acordo com ele, enquanto uma equipe trabalha ainda buscando outros passageiros perdidos no mar, médicos seguem seguem "trabalhando sem descanso para estabilizar os casos graves".

"Sem tempo para dor. A Open Arms chega a tempo e resgate outro bote com mais 64 pessoas à deriva. Finalizada a segunda operação de um longo dia", afirmou Campos.