Bebê chinês declarado morto começa a chorar no momento da cremação

Os filhos de pais de mais idade apresentam um risco maior de desenvolver doenças psiquiátricas

Um bebê chinês que havia sido declarado morto em um hospital do leste da China começou a chorar quando estava prestes a ser cremado, informou a imprensa local.

Os pais do bebê, que tinha menos de um mês e estava gravemente doente, aceitaram o fim do tratamento médico em um hospital pediátrico da província de Anhui (leste da China), afirmaram fontes do hospital à agência Xinhua.

Após a assinatura da certidão de óbito, o bebê, um menino, foi entregue a uma funerária, que não efetuou a cremação porque a criança começou a chorar.

A agência não informou quanto tempo levou para a descoberta que a criança estava viva.

O bebê retornou imediatamente ao hospital, onde seguia em tratamento na quarta-feira.

A criança nasceu com uma má-formação congênita do sistema respiratório, segundo a agência de notícias estatal.

Após o incidente, um médico do hospital foi suspenso e uma enfermeira foi demitida.