Bebê abandonado em mochila é resgatado por estudante em SP

·2 minuto de leitura
Bebê abandonado dentro de mochila é encontrado em Mongaguá (SP)
Bebê abandonado dentro de mochila é encontrado em Mongaguá (SP)
  • Um bebê recém-nascido foi encontrado em um matagal localizado em Mongaguá (SP)

  • A criança estava enrolada em diversos panos dentro de uma mochila

  • Uma estudante foi a primeira a ouvir o choro do bebê e chamou a polícia para socorrê-lo

Um bebê abandonado em Mongaguá (litoral de São Paulo) foi encontrado dentro de uma mochila por uma estudante de 18 anos. Fernanda de Lara dos Santos escutou o choro do recém-nascido e foi a primeira a pegá-lo no colo. Ela também acompanhou todo o resgate do menino, que foi encaminhado a um hospital e passa bem.

"Eu acho que Deus me fez passar naquele momento para salvar ele. Se a gente não tivesse passado lá, ele iria morrer", disse Fernanda de Lara dos Santos em entrevista ao portal G1.

Leia também

A estudante explicou que estava em um rio, junto com um amigo, próximo ao local onde o recém-nascido foi deixado, na noite da última quinta-feira (6). Enquanto voltava, ouviu o choro do bebê e foi com o amigo até o matagal onde o menino foi abandonado.

O bebê estava dentro da mochila fechada, enrolado em diversos panos. Fernanda relatou que foi a primeira a pegar a criança no colo e não a soltou mais por um instinto de proteção. Horrorizada, ela pediu ajuda a pessoas que passavam pelo local, enrolou o bebê em um cobertor e chegou a pedir carona.

No meio do caminho, encontrou policiais militares, que a acompanharam até o hospital e passaram a atender a ocorrência: "É uma revolta, de verdade. Senti como se fosse meu filho, só queria proteger. Tem tanta gente querendo ter um bebê, e você se pergunta como a mãe teve coragem. A pessoa teve o intuito de matar".

O recém-nascido deu entrada no Hospital e Maternidade Municipal Dra. Adoniran Correa Campos, onde recebeu os primeiros atendimentos. O bebê apresentou quadro de hipotermia, além de algumas escoriações, provavelmente causadas por insetos.

A assessoria de imprensa da Secretaria de Saúde do Estado informou ao portal G1 que o bebê está internado na UTI do Hospital Regional Jorge Rossmann, em Itanhaém (SP). A criança passou por exames, está sendo acompanhada na UTI neonatal e apresenta quadro estável. O menino agora está sob a responsabilidade do Conselho Tutelar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos