Bebê de 1 ano é picado por jararaca no quintal da avó em SC

·1 minuto de leitura
Bebê foi picado quando brincava com bola - Foto: Reprodução/ NSC
Bebê foi picado quando brincava com bola - Foto: Reprodução/ NSC
  • Bebê foi picado por um filhote de jararaca quando brincava de bola no quintal da avó

  • Vizinho matou a cobra, que foi levada com a criança para o hospital

  • Isso possibilitou que o bebê fosse medicado com o antídoto correto e evoluísse positivamente

Um bebê de apenas um ano foi picado por uma cobra no quintal da casa da avó na cidade de Blumenau, em Santa Catarina. Ele recebeu o antídoto e seu estado é estável, segundo informações do G1.

O caso foi registrado na última segunda-feira. Paulo Henrique de Almeida Machado contou que o filho brincava no quintal, correndo atrás de uma bola, quando começou a gritar e chorar.

Leia também

Os presentes perceberam que o bebê havia sido picado, e um vizinho encontrou a cobra do lado da criança. Ele matou o animal e o colocou em um pote, que foi levado pela família junto com a criança para o hospital.

Os especialistas identificaram a cobra como sendo um filhote de jararaca, o que permitiu que o socorro fosse realizado com o antídoto específico para aquele animal.

Cobra que picou a criança foi morta e levada para hospital - Foto: Divulgação/Hospital Santo Antônio Blumenau
Cobra que picou a criança foi morta e levada para hospital - Foto: Divulgação/Hospital Santo Antônio Blumenau

"A médica atentamente bateu foto da cobra e mandou para o órgão responsável. Em poucos instantes já tivemos a resposta de que era um filhote de jararaca e a doutora iniciou com o antídoto e a hidratação", explicou Paulo Henrique.

Quadro é estável

O bebê foi levado ao Hospital Santo Antônio, onde segue internado em observação. Graças à ação do vizinho e da médica, ele recebeu o antídoto correto e seu estado de saúde é considerado estável.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos