Bebê nasce sem parte do crânio e tem vida salva por impressora 3D

Crânio de bebê feito por impressora 3D - Foto: Divulgação/Sygnis
Crânio de bebê feito por impressora 3D - Foto: Divulgação/Sygnis
  • Bebê polonês nasceu sem parte do crânio e teve vida salva graças à tecnologia

  • Uma impressora 3D permitiu que um crânio idêntico ao do recém-nascido fosse criado

  • Com ele, os médicos notaram a extensão do problema e planejaram e praticaram a cirurgia

Uma bebê recém-nascida nasceu sem um pedaço do crânio e teve a vida salva graças à tecnologia de impressão em 3D. O caso aconteceu na Polônia em fevereiro, mas foi revelado somente agora.

De acordo com informações do jornal inglês Daily Mail, a criança apresentou um defeito congênito que impediu a formação de cerca de um quinto de seu crânio, na parte traseira da cabeça.

A condição não foi notada durante os exames prévios ao nascimento, sendo diagnosticada somente quando a mãe deu à luz a bebê.

O defeito exigia uma intervenção cirúrgica, e os médicos tinham apenas quatro dias para realizá-la, uma vez que a exposição do tecido cerebral poderia causar uma infecção fatal.

Os profissionais conseguiram consertar o problema utilizando pele e tecidos moles de outras partes do corpo, em uma operação delicada que durou cerca de duas horas.

Auxílio da tecnologia

O procedimento só pôde ser realizado após a impressão de uma cópia exata do crânio da criança por meio de uma impressora 3D, que permitiu que os médicos estudassem e praticassem a cirurgia.

O aparelho desenvolvido com a tecnologia fez com que os médicos percebessem a extensão do problema e planejassem a intervenção.

A operação foi realizada com sucesso, mas os próprios especialistas alertaram que se trata apenas de uma solução momentânea. A garota precisará passar por novas cirurgias para reconstrução do crânio, nas quais também será utilizada tecnologia 3D.