Bebês: como cuidar dos primeiros dentes

·2 minuto de leitura
Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

Saúde bucal deve ser preocupação desde os primeiros dias de vida dos bebês. Manter a boca das crianças sempre livres de resíduos da alimentação diária é fundamental para que os dentes de leite possam se desenvolver em um meio limpo e saudável.

Veja mais conteúdo de saúde bucal

Os cuidados com a higiene da boca precisam começar antes mesmo do nascimento dos primeiros dentinhos. Os pais de bebês que tomam fórmula láctea, por exemplo, devem ter atenção à gengiva. Ela deve ser limpa com uma gaze embebida em água filtrada ou com a famosa dedeira de silicone. Por outro lado, às crianças que se alimentam exclusivamente de leite materno, a limpeza não é necessária, pois o alimento é um bactericida natural.

A escovação deve ser iniciada assim que os dentes de leite começarem a nascer. Os primeiros costumam aparecer entre o 6º e o 10º mês de vida, terminando o ciclo com o nascimento dos molares, por volta dos três anos de idade. É importante que a escova tenha cerdas macias e cabeça pequena, para que se adeque ao tamanho da boca da criança.

A escovação precisa ser feita de maneira suave e bem devagar, com movimentos circulares na frente e retilíneos nos dentes do fundo, além dos paralelos à gengiva, em vai e vem. Nunca esquecendo de passar a escova pelo lado externo e interno dos dentinhos. Na rotina, ainda é preciso ter atenção redobrada com a pressão sobre as gengivas e nos locais em que vão despontar novos dentes.

Ouça o dentista

Para o correto uso do creme dental, é imprescindível consultar um odontopediatra. Ele vai indicar os produtos mais adequados e dará orientações a respeito da utilização, quantidade e frequência de escovação de acordo com as necessidades da criança. O especialista também vai tirar todas as dúvidas sobre o uso do flúor e como ele deve ser usado para evitar problemas bucais na primeira infância.

A visita ao dentista precisa ser feita logo que o primeiro dente começar a aparecer na gengiva. Já os retornos devem acontecer a cada seis meses. Além de prevenir o aparecimento de cáries e outras doenças, ter uma rotina de saúde bucal precoce vai naturalizar esse hábito para a criança e torná-lo prazeroso logo nos primeiros meses de vida.