Bela Gil e Leonardo Boff lançam campanha de doação de alimentos do MST

·1 min de leitura
*ARQUIVO* SALVADOR, BA, 20.02.2020: Retrato de Bela Gil no Camarote Expresso 2222. (Foto: Raphael Muller/Folhapress)
*ARQUIVO* SALVADOR, BA, 20.02.2020: Retrato de Bela Gil no Camarote Expresso 2222. (Foto: Raphael Muller/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Personalidades como a chef Bela Gil, o teólogo Leonardo Boff e o economista Eduardo Moreira lançaram a campanha "Natal Sem Fome", de doação de cestas de alimentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) para famílias em situação de extrema pobreza no Brasil.

As cestas terão alimentos que foram produzidos em assentamentos do MST em quantidades que serão para o consumo de uma família de quatro pessoas por um mês. Elas serão distribuídas em dezembro nas periferias de estados como São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba.

Em Mato Grosso do Sul, a campanha irá atender comunidades indígenas.

Segundo João Pedro Stedile, da coordenação nacional do MST, a prioridade da iniciativa é atender pessoas em situação de rua, cozinhas comunitárias nas periferias, ocupações urbanas de família desempregadas e comunidades indígenas. Para colaborar é possível contribuir com R$ 300, para doar uma cesta.

Também estão envolvidos com a campanha nomes como o empresário Leandro Almeira, o agente do mercado financeiro João Pacífico, a educadora Marcia Miranda e a juíza aposentada Kenarik Boujikian. A apresentadora Xuxa Meneghel e o influenciador Felipe Neto vão contribuir com a divulgação da iniciativa.

Desde abril de 2020, ações idealizadas pelo MST resultaram na doação de mais de 5.000 toneladas de alimentos e 1 milhão de marmitas em periferias urbanas e rurais pelo país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos