Bela Gil, Igor Rickli e Fernanda Nobre: veja os famosos que vivem relacionamentos abertos

Nos últimos anos, alguns famosos declararam viver relacionamentos abertos. Além da apresentadora Bela Gil, de 34 anos, que já falou algumas vezes sobre o casamento com João Paulo Demasi, o ator Igor Rickli, recentemente, também disse manter um relação livre, aberta e sem rótulos com Aline Wirley.

Em comum acordo, as partes que formam o casal podem se relacionar com outras pessoas, no entanto, as regras de como as coisas funcionam variam, dependendo do combinado entre os envolvidos na relação. Veja os artistas que mantêm um relacionamento não-monogâmico:

Casados desde 2015, os atores Igor Rickli e Aline Wirley, ambos bissexuais, falaram abertamente sobre o assunto através de um post feito nas redes sociais do ator, no início deste mês de novembro.

"Nossa relação é sincera, aberta e respeitosa. Evocamos o amor, e não o romântico. O real, que cuida na dor, que limpa a ferida, que nutre de saúde e que se apaixona pela vida", escreveu Igor no post.

Casada há quase 20 anos, Bela Gil, que é mãe de dois filhos, vive um relacionamento aberto com o marido, João Paulo Demasi. Não é de hoje que a apresentadora aborda abertamente o assunto. A filha de Gilberto Gil já fez uma postagem em suas redes afirmando: "Seguimos juntos e livres para amar há 18 anos”, escreveu em fevereiro, acompanhado da hashtag "#nãomonos".

Quem também revelou que está se acostumando com a ideia de ter um relacionamento aberto foi a atriz Samara Felippo. Ela namora o humorista Elídio Sanna e já declarou em entrevista que, apesar de não estarem num nível de dizer que são "superabertos", isso já ocorreu e "não foi um problema". Reiterou, porém, que a parceria precisa entender, porque "fácil não é"

"A gente não nasceu para ser monogâmico. Sei que é um tabu para muitas pessoas que eu conheço, mas que ciúme é esse que vira prova de amor? Eu sou livre, e meu namorado entende bem isso. A gente não está junto há sete anos à toa. Existem limites, claro, existem acordos. Tem situações que não são tão confortáveis, e aí a gente sente para conversar", disse a atriz.

Outra que também é declaradamente adepta ao relacionamento aberto é a atriz Fernanda Nobre. Ela é casada com o diretor José Roberto Jardim. Juntos há nove anos, o casal revelou em agosto do ano passado que mudou a dinâmica do casamento, que antes era monogâmico. Segundo a atriz, passar a viver desse modo "foi a melhor coisa". "Não há jogos, meias-palavras, o 'fingir que não sabe'.

Fernanda se tornou uma referência nesse assunto no meio artístico, dando entrevistas e publicando textos e vídeos fazendo reflexões e convidando pessoas a pensarem sobre o assunto de maneira mais leve e natural. A atriz sempre faz questão de pontuar que as regras variam de casal para casal.

Para ela, se seu marido engravidasse outra mulher, seria uma "quebra grave do pacto de lealdade".

"Cada casal tem o seu pacto, inclusive as pessoas que são monogâmicas. Mas a ideia que as pessoas tradicionalmente têm de traição costuma ser diferente da minha. O conceito de fidelidade é muito arraigado de moralidade. Eu prefiro falar em lealdade", disse a atriz.

O casal está junto há 25 anos, mas isso não impediu os dois de viver uma relação não-monogâmica. Depois de terem oficializado a união no fim de 2019, Enrique Diaz e Mariana Lima não dividem mais o mesmo teto desde o ano passado. A decisão tomada em comum acordo foi uma forma encontrada pelo casal de atores, pais de duas filhas, de se reinventar. "Experimentando e vendo o que é melhor", disse Diaz.

A atriz Aline Borges, que deu vida à Zuleica na novela Pantanal, é casada há 13 anos com o também ator Alex Nader. Recentemente, ela tornou público o fato da sua relação ser aberta. A decisão veio após oito anos juntos.

"Temos um relacionamento muito livre, leal, justo. É uma parceria em que a gente respeita o espaço, as escolhas um do outro. Não é esse casamento convencional que eu aprendi e no qual cresci acreditando, mas que não fazia nenhum sentido para mim. Me refiro a casamentos monogâmicos e, muitas vezes, hipócritas, em que vejo as pessoas casadas viverem outras histórias, só que por trás. Nossa decisão veio de maneira natural. Entendemos que precisamos respeitar nossos desejos", disse Aline.

A atriz fez questão de pontuar as regras que os dois estabeleceram para a manutenção desse mecanismo.

"A regra é fazer tudo sem expor o outro. O casamento livre não quer dizer um oba-oba. Eu e Alex queremos seguir juntos a vida toda. Para isso, precisamos ter essa liberdade. Quero poder fazer o que eu quiser, ainda que eu não faça nada", explicou a atriz.