Trump considera primeiro turno das eleições francesas "muito interessante"

Washington, 23 abr (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, considerou neste domingo "muito interessante" o primeiro turno das eleições presidenciais francesas, que se apresentam como as mais imprevisíveis dos últimos anos.

Trump não especificou o que acha interessante nas eleições em sua breve mensagem publicada no Twitter.

"Muito interessantes as eleições atualmente em curso na França", se limitou a dizer.

O presidente americano mostrou simpatia pela líder da Frente Nacional (FN), Marine Le Pen, com quem iniciou contatos pouco após vencer as eleições americanas, em novembro do ano passado.

Não obstante, o porta-voz presidencial, Sean Spicer, assegurou na última sexta-feira que Trump não tem preferência por nenhum dos 11 candidatos das eleições francesas.

Marine Le Pen enfrenta neste primeiro turno o social liberal Emmanuel Macron, o conservador François Fillon e o candidato da extrema esquerda Jean-Luc Mélenchon, os quatro com maiores chances de passar para o segundo turno, no próximo dia 7 de maio.

A última vez que Trump falou sobre as eleições francesas foi na sexta-feira, quando disse que o ataque terrorista na Champs-Élysées, no qual um policial morreu, teria um "grande impacto" nas eleições.

"Outro ataque terrorista em Paris. O povo francês não suportará muito mais", escreveu Trump no Twitter.

O ex-presidente Barack Obama também se envolveu com as eleições francesas ao conversar por telefone na quinta-feira com o candidato Emmanuel Macron, favorito nas pesquisas.

Obama e Macron conversaram sobre "as importantes eleições" que acontecem na França, embora o americano não tenha expressado seu apoio ao candidato social liberal, segundo informou o porta-voz do ex-presidente dos EUA, Kevin Lewis, em um comunicado. EFE