Benfica revela que John Textor, investidor do Botafogo, mantém negociação por 25% de sua sociedade anônima

·2 min de leitura

Depois que assinar contrato oficializando a compra de 90% das ações da Sociedade Anônima de Futebol (SAF) do Botafogo, o americano John Textor pode se tornar acionista do Benfica. A SAD (equivalente ao clube-empresa de Poertugal) benfiquista revelou que segue em negociação com o empresário americano.

O investidor pretende adquirir 25% das ações do clube. Ele negocia a aquisição delas com José António dos Santos, magnata português conhecido no país como Rei dos frangos. As conversas entre os dois tiveram início em 16 de junho. Mas, assim que se tornaram públicas, a direção do Benfica prometeu utilizar seu poder de veto caso a proposta fosse levada à assembleia geral de acionistas, recusando, inclusive, a receber o americano.

O Rei dos frangos é o maior acionista individual do clube. Nesta quinta, a SAD do Benfica comunicou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários de Portugal que ele continua negociando com Textor. No documento, é revelado que os dois já chegaram a um princípio de acordo para a transferência de 9% das ações. Os outros 16% seguem alvo de debate.

Confira, abaixo, a íntegra do comunicado:

A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD (“Benfica SAD”) vem por este meio, nos termos e para efeitos do disposto no artigo 17.º do Código dos Valores Mobiliários, informar que recebeu no dia 11 de janeiro de 2022, o seguinte comunicado do acionista José António dos Santos:"José António dos Santos, casado, natural de Miragaia, concelho da Lourinhã, portador do Bilhete de Identidade número 1071712 9, emitido em 14/03/2003, pelos Serviços de Identificação Civil da Direção Geral dos Registos e do Notariado, com validade vitalícia, titular do número de identificação fiscal 110068920 e com domicílio profissional no Edifício Avibom, Vila Facaia, 2565-642 Ramalhal informa, nos termos e para os efeitos do disposto nos artigos 16.º e 20.º do Código dos Valores Mobiliários e do artigo 2.º do Regulamento da CMVM n.º 5/2008 que:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos