Benjamin Netanyahu espera regresso ao poder em Israel

Em Israel, o antigo primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, espera um regresso ao poder. De acordo com as primeiras sondagens, nestas quintas eleições dos últimos quatro anos para a renovação do Knesset, o partido Likud, de Netanyahu, pode vencer com a ajuda de novos aliados de extrema-direita.

Estamos perto de uma grande vitória. Uma coisa é certa, o nosso caminho, o caminho do Likud, já deu provas.

A confirmar-se a vitória, Netanyahu cumprirá um sexto mandato como Primeiro-Ministro de Israel, papel que desempenhou durante 12 anos, antes da derrota em 2021. O responsável pela derrota foi o principal rival, o atual primeiro-ministro Yair Lapid que fez o apelo constante aos eleitores para "travarem a extrema-direita".

O novo impulso de Netanyahu provém de um acordo entre o Likud e o partido de extrema direita Sionismo Religioso, homofóbico e de retórica anti-árabe, que teve um forte aumento na popularidade. Poderá conquistar de 13 ou 14 assentos e tornar-se na terceira maior força política. A afluência às urnas foi a mais elevada dos últimos 40 anos e os resultados finais desta votação serão revelados até quinta-feira.