Bento 16 é velado no Vaticano com fila de milhares de pessoas

MILÃO, ITÁLIA (FOLHAPRESS) - O velório do papa emérito Bento 16 começou, na manhã desta segunda-feira (2), com uma longa fila de pessoas que buscam entrar na Basílica de São Pedro, no Vaticano, para homenagear o alemão, morto no último sábado (31), aos 95 anos.

O corpo ficará exposto por três dias, até o fim da quarta-feira (4). O funeral será celebrado pelo papa Francisco e está marcado para acontecer na quinta-feira (5).

Cerca de 15 mil pessoas, entre fiéis e curiosos, circulam, segundo a imprensa italiana, pela praça São Pedro e pelos arredores de Roma. Órgãos de segurança da capital italiana estimam que até 35 mil pessoas podem passar pela região por dia. Para o funeral, a estimativa é de 60 mil pessoas.

O corpo de Bento 16 chegou à basílica por volta das 7h (3h da manhã, no horário de Brasília), transportado do mosteiro Mater Ecclesiae, nos jardins do Vaticano, onde o religioso vivia desde que renunciou ao papado, em 2013. O alemão está vestido com os adereços litúrgicos de cor vermelha e o chapéu mitral, mas sem o pálio, a faixa de lã branca usada pelo papa. Nas mãos, segura um terço.

Antes da abertura da basílica ao público, às 9h, o presidente da Itália, Sergio Mattarella, e a primeira-ministra Giorgia Meloni estiveram no velório. Os visitantes poderão ver o corpo de Bento 16 até as 19h desta segunda (15h em Brasília). Na terça e na quarta, os horários são os mesmos, das 7h às 19h.

Apesar dos milhares de pessoas na fila e dos pontos de controle, com detectores de metal, a entrada acontecia de forma organizada até a metade do dia.