Autor de tomada de reféns em supermercado no sul da França é abatido

Paris, 23 mar (EFE).- O autor da tomada de reféns em um supermercado na cidade de Trèbes, no sul da França, um incidente no qual pelo menos duas pessoas morreram, foi abatido nesta sexta-feira pelas forças de segurança, confirmaram à Agência Efe fontes próximas ao caso.

"A ação aconteceu às 14h25 (10h25 em Brasília) e o terrorista foi abatido", indicaram as fontes, que acrescentaram que dois gendarmes das forças de intervenção do Grupo de Intervenção da Gendarmaria Nacional (GIGN) ficaram feridos, assim como o agente que era mantido refém pelo suposto terrorista.

As fontes acrescentaram, no entanto, ainda não se sabe a gravidade dos ferimentos.

O autor do sequestro, que estava fichado por radicalização terrorista e que também tinha antecedentes por crimes comuns, segundo os veículos de imprensa, é um marroquino residente na cidade de Carcassonne, próxima a Trèbes, onde atacou um grupo de agentes da polícia que voltavam ao quartel após uma corrida matinal.

Um dos agentes recebeu um tiro que perfurou seu pulmão, mas sua vida não corre perigo, segundo o Ministério do Interior.

O titular dessa pasta, Gérard Collomb, que chegou a Trèbes minutos antes da ação das forças especiais, vai se pronunciar na sede da prefeitura para dar detalhes da operação. EFE