Bezos doa mais de R$ 530 milhões para ajudar os sem-teto

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Jeff Bezos doará US$ 96,2 milhões (R$ 533 milhões) para organizações que ajudam famílias sem-teto, anunciou seu fundo de caridade na quarta-feira (17). (Paul Ellis/Pool via REUTERS)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Fundador da Amazon doará R$ 533 milhões para organizações que ajudam sem-teto

  • Bezos é a segunda pessoa mais rica do mundo, com quase R$ 1,1 trilhão

  • Jeff Bezos vendeu quase R$ 150 bilhões em ações da Amazon

O fundador da Amazon, Jeff Bezos, doará US$ 96,2 milhões (R$ 533 milhões) para organizações que ajudam famílias sem-teto, anunciou seu fundo de caridade na quarta-feira (17).

Leia também

As doações serão feitas por meio do Fundo do Dia Um de Bezos para 32 organizações sem fins lucrativos em 21 estados, com doações que variam de US$ 750.000 (R$ 4,1 milhões) a US$ 5 milhões (R$ 27 milhões). Desde que Bezos fundou o fundo em 2018, como um compromisso de US $ 2 bilhões com sua então esposa MacKenzie Scott, o Bezos Day One Fund distribuiu quase US$ 100 milhões (R$ 554 milhões) por ano para organizações que prestam serviços a famílias sem-teto. Ao todo, o fundo doou um total de US$ 398 milhões (R$ 2,2 bilhões) até agora.

“Estamos totalmente maravilhados com isso”, disse Anne Miskey, CEO da Union Station Homeless Services em Pasadena, Califórnia. Miskey diz que a organização receberá US$ 5 milhões (R$ 27 milhões) em ações da Amazon na quinta-feira (18), a maior doação privada que já recebeu. O dinheiro é destinado especificamente para serviços familiares e será usado por um período de cinco anos para, entre outras coisas, contratar mais assistentes sociais e reformar o local usado para abrigar famílias que vivem sem teto. “Nós realmente queremos torná-lo um ambiente mais informado sobre traumas, para construir mais privacidade para famílias individuais, para que elas não tenham que dormir em uma área estilo dormitório. Queremos fornecer um espaço seguro, confortável e digno para ajudá-los a conseguir uma moradia permanente”, diz Miskey.

Bezos é a segunda pessoa mais rica do mundo, valendo cerca de US$ 205,5 bilhões (R$ 1,1 trilhão), de acordo com a Forbes. As doações anunciadas na quarta-feira representam menos de 1% de seu patrimônio líquido total, e o Bezos Day One Fund não divulgou detalhes sobre como exatamente Bezos o está financiando.

Bezos vendeu quase R$ 150 bilhões em ações da Amazon

Bezos vendeu quase US$ 27 bilhões (R$ 149 bilhões) em ações desde que a Amazon abriu o capital em 1997 - mas até agora se recusou a dizer se está financiando o Bezos Day One Fund com presentes em dinheiro ou com doações de suas ações da Amazon. Na semana passada, Bezos doou 16.283 ações da Amazon no valor de US$ 58 milhões (R$ 328 milhões) para organizações sem fins lucrativos, de acordo com os arquivos da Securities and Exchange Commission; um porta-voz da Amazon se recusou a comentar sobre para onde exatamente essas ações foram. No início deste ano, Bezos prometeu US$ 200 milhões (R$ 1,1 bilhão) ao Museu Nacional do Ar e Espaço do Smithsonian Institution; quando ele voltou de seu breve voo no espaço no final de julho, ele prometeu US$ 100 milhões (R$ 554 milhões) a cada um ao comentarista político Van Jones e ao chef José Andrés.

Além disso, no ano passado, Bezos prometeu US$ 10 bilhões (R$ 54 bilhões) ao longo de dez anos para criar o Fundo Bezos para a Terra, que visa abordar as mudanças climáticas. Na semana passada, Bezos disse em uma entrevista no Fórum Ignatius em Washington, D.C., que está gastando mais dinheiro no Fundo Bezos Earth do que sua empresa espacial comercial Blue Origin. Não sabemos exatamente quanto dinheiro Bezos colocou na Blue Origin, mas em 2017 ele disse que estava vendendo cerca de US$ 1 bilhão (R$ 5,4 bilhões) em ações da Amazon por ano para investir na empresa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos