BGS 2018 | O que esperar do evento e dicas de como aproveitar

Jessica Pinheiro

A décima primeira edição da Brasil Game Show terá início nesta quarta-feira, 10 de outubro, e vai durar até domingo, dia 14. Serão cinco dias de evento e inúmeras atrações estarão disponíveis ao longo da feira, inclusive presenças internacionais, além, é claro, de jogos bastante esperados pela comunidade gamer brasileira.

Mas justamente por ser um evento grande e extenso, pode-se acabar ficando confuso e/ou perdido com todas as atividades que a feira tem a oferecer, ainda mais se você for prestigiar todos os dias. A boa notícia é que existem atrações para todas as idades e gostos, então todos poderão aproveitar bem a BGS 2018 em muitos aspectos.

Jogos e diversão

Partindo para o ponto principal da Brasil Game Show 2018, os estandes de jogos da Sony e da Microsoft deverão ser os maiores da feira, como de costume. Pelo lado da casa do PlayStation, já existe confirmação de alguns jogos, sendo os maiores destaques Days Gone, Spyro Reignited Trilogy e Kingdom Hearts 3. Jogos que já foram lançados também deverão marcar presença, afinal, não é porque já lançou que todos já jogaram, certo?

(Imagem: Square-Enix)

Nesta categoria, podemos esperar então pelos exclusivos Marvel’s Spider-Man, God of War, Detroit: Become Human, e até mesmo alguns multiplataforma, como é o caso de Assassin’s Creed: Odyssey, FIFA 19 e Destiny 2 (talvez com direito à nova DLC, Renegados?). O estande deve ainda contar com uma área dedicada a jogos com realidade virtual como no ano passado, e este ano a maior atração deverá ser Ace Combat 7: Skies Unknown.

Vale ficar de olho, porém, se é preciso retirar alguma espécie de senha especial para testar os jogos em realidade virtual, como aconteceu em 2017. Outro detalhe para quae é sempre válido se preparar é o método que a Sony adotou para controlar as filas gigantescas que sempre tomam o estande, gerenciando melhor o público e garantindo que todos possam testar os jogos que mais estão ansiosos para jogar. Esse método rola através de um aplicativo chamado Experience PlayStation. Ele é compatível com quase todos os dispositivos e é através dele que os visitantes devem agendar sua visita ao estande, marcando um horário para testar os games presentes.

Já do lado da Microsoft, é esperada uma reformulação no design e na estrutura de atividades do estande, para acompanhar as recentes mudanças que ocorreram internamente na divisão de produção de conteúdo voltado ao Brasil. Ainda assim, é possível que muitos convidados, incluindo presenças internacionais e YouTubers, subam ao palco da empresa para testar e falar um pouco de suas experiências.

(Imagem: The Coalition)

Fica a dúvida se a Microsoft também adotará um aplicativo para controlar as filas dos jogos de seu estande, que também chegam a ficar gigantescas dependendo do jogo, do dia e do horário. E por falar em games, sabe-se que Forza Horizon 4 e Gears of War 4 são presenças garantidas no evento. Outros títulos que aguardamos para ver (e jogar), porém, incluem os já lançados exclusivos Sea of Thieves e Cuphead, e os multiplataformas Shadow of the Tomb Raider e State of Decay 2.

Dos títulos exclusivos que podemos esperar, ainda que minimamente, por alguma novidade, estão o shooter de terror Hunt: Showdown e o belo Ori and the Will of the Wisps. Já na área multiplataforma, seria muito legal se Metro Exodus, Just Cause 4, The Division 2 e Fallout 76 estivessem presentes. Outra aposta legal que pode ter no estande da Microsoft é Devil May Cry V, que foi apresentado originalmente na E3 2018 durante a conferência da empresa em questão – enquanto que Resident Evil 2 Remake foi divulgado oficialmente na conferência da Sony. Embora os títulos não sejam exclusivos, será que essa segmentação será mantida para dividir um pouco o público no evento e melhorar a circulação? É uma tática interessante.

Outros estandes confirmados incluem Warner Bros. com uma diversidade de jogos e atrações prometidas em seu palco durante todos os dias de evento – contando com presença de diversos sites e YouTubers famosos para testar os principais aguardados títulos, tais como RE2, DMCV, Hitman 2, LEGO DC Super-Villains, dentre outros (incluindo jogos mobile).

O palco da Ubisoft, por sinal, deve ficar junto da Warner Bros., já que as duas empresas firmaram parceria no Brasil. Então além de atrações com convidados, o campeonato de Just Dance deverá ocorrer nesta área também.

A Activision também fazer barulho esse ano com Sekiro: Shadows Die Twice e o novo Call of Duty: Black Ops; e a Razer e a NVIDIA também prometem novidades — esta última principalmente, com Battlefield V, Soul Calibur VI e Shadow of the Tomb Raider no PC. Para os saudosistas, a Fini promete trazer alguns títulos mais clássicos como Super Smash Bros. do N64, Mario Party 3, Mortal Kombat e muitos outros. E claro, a área Indie também merece atenção, com títulos promissores como Magic: The Gathering – Puzzle Quest no estande da Oktagon, Lenin – The Lion, Fobia, e muitos outros.

Espírito competitivo

Já comentamos por aqui sobre o campeonato de Just Dance, que sempre acontece durante a BGS, mas vale ficar de olho nos demais torneio que ocorrerão ao longo da feira. DOTA 2, Counter Strike: Global Offensive (com times masculinos e femininos), Gears of War, PlayerUnknown's Battlegrounds e League of Legends são apenas alguns dos nomes que terão atividades competitivas. No site oficial da Brasil Game Show, você confere datas e horários dos torneios.

(Imagem: Brasil Game Show)

Outra atração interessante e mais voltada para quem não está muito na vibe de jogar, mas sim de criar, é a Brasil Game Jam, que contará com dez equipes selecionadas, cada uma com três participantes, os quais deverão criar um projeto de game em até 48h seguidas. Esta edição acontecerá das 15h do dia 10/10 às 15h do dia 12/10. Apenas cinco projetos sairão vencedores desse desafio.

E além de jogos criados em 48h, outra grande atração é a presença de Charles Martinet, o dublador do Mario, que estará presente exclusivamente no estande Cosplay Zone para não apenas tirar fotos e autografar itens de fãs, mas em especial, avaliar os melhores cosplays da feira nos concursos do evento. Ao todo, a BGS promete presentear 1000 cosplays com ingressos VIP para a feira, fora a premiação para os melhores colocados do desfile.

Presenças ilustres

E por falar em Charles Martinet, algumas das atrações mais esperadas desta edição também trabalham ou trabalharam na produção de nossos jogos favoritos. Vale apontar, inclusive, que está é a primeira edição com o maior número de produtores japoneses visitando o evento. O destaque fica com Yoshiaki Hirabayashi, produtor de Resident Evil 2; Michiteru Okabe, produtor de Devil May Cry V; Fumito Ueda, diretor dos aclamados Ico, Shadow of the Colossus e The Last Guardian; e Masanobu Tanaka, que foi chefe de design e animação em Ico e SotC.

Yoshinori Ono, produtor de Street Fighter, e Katsuhiro Harada, diretor e produtor de Tekken, voltam ao Brasil, bem como Shota Nakama, produtor musical de Final Fantasy e Kingdom Hearts, que já veio para um BIG Festival e pela primeira vez passará pela BGS. Agora, passando para os americanos, teremos também Daniel Pesina, ator e especialista em artes marciais que atuou na produção de Mortal Kombat (mais conhecido por ser o rosto de Johnny Cage); e Rod Fergusson, Cory Balrog e Glauco Longhi, de God of War. Por fim, vale mencionar também o retorno de Nolan Bushnell, considerado o pai dos videogames, e a visita de Howard Scott Warshaw, desenvolvedor de E.T. o Extraterrestre para Atari.

(Imagem: Brasil Game Show)

É interessante notar como a lista de convidados internacionais está aumentando, o que talvez se deva ao fato de que Hideo Kojima, David Crane e Ed Boon vieram no último ano e estrearam a atração da BGS conhecida como “Hall of Fame”. Antes deles, diretores, produtores, criadores, e muitas outras mentes executivas também passaram pelo evento, engrandecendo e aproximando ainda mais o consumidor desta turma.

Preparação é tudo

A BGS contará ainda com inúmeras outras atrações que vale a pena conferir no site oficial ou no próprio dia de evento, mas, acima dos jogos e da diversão, vale também se preparar direitinho. É um evento grande e repleto de atividades e, principalmente, de pessoas, então se organizar para conseguir aproveitar a feira da melhor maneira é essencial.

Isso posto, considere ir com uma roupa confortável e, em especial, leve um agasalho e guarda-chuva para enfrentar o ar condicionado do galpão do evento, bem como as repentinas mudanças climáticas de São Paulo. Caso ainda não tenha comprado seu ingresso online, através do site da BGS, programe-se também para chegar cedo e conseguir adquirir o seu, pois além de correr risco de ficar sem um, tem ainda o perigo das filas.

Aqui, citamos também algumas das principais atrações que queremos assistir, conferir e/ou testar, mas como já comentado, existem inúmeras outras atividades no evento. Na entrada da BGS 2018, você será agraciado com um mapa contendo a localização de todos os estandes, marcas, lojas, áreas com banheiros, praça de alimentação e tudo mais. Não deixe de dar uma conferida na programação completa no site, anotar o que você quer dar prioridade e se organizar para fazer uma coisa de cada vez.

(Imagem: Brasil Game Show)

Se quer jogar, verifique se é preciso retirar senha ou agendar em um app e, no horário certo, correr para o abraço. Se não tem outra alternativa a não ser ficar na fila, verifique um horário com os atendentes do estande em que geralmente o local estará mais vazio e se programe. Cheque também os meet & greet com seus artistas e produtores favoritos e não deixe de beber líquido e se alimentar.

Por fim, mas não menos importante, o local fica perto de uma das principais rodoviárias de São Paulo, então o acesso é fácil. Haverá um transporte gratuito na estação Tietê do metrô que deixará você na porta do evento. Esse shuttle costume circular bastante, mas ainda assim, existem filas (às vezes grandes) para pegá-lo, então se informe bem onde estará e chegue com alguma antecedência. No mais, aproveite bem a BGS 2018 e divirta-se!

O Canaltech também estará presente no evento e cobrirá os principais jogos e atrações da feira. Nos vemos por lá!


Fonte: Canaltech