BHP tem produção de minério de ferro abaixo do esperado no 3º tri

·1 min de leitura

(Reuters) - O Grupo BHP reportou nesta quarta-feira uma produção de minério de ferro abaixo do esperado para o terceiro trimestre, uma vez que a crise de mão de obra relacionada à pandemia e os trabalhos planejados de renovação de trilhos prejudicaram os esforços da mineradora para aumentar a produção em Pilbara, no oeste da Austrália.

A maior mineradora listada do mundo disse que a produção de minério de ferro no trimestre de junho também deve ser impactada pelo absenteísmo prolongado de trabalhadores relacionado à Covid, mas não alterou sua previsão para o ano fiscal de 2022.

Somente no início de março o Estado da Austrália Ocidental, rico em minerais, suspendeu as restrições de fronteira da linha dura colocadas em prática para conter a propagação do vírus.

As medidas deixaram a BHP, a rival Rio Tinto e outras mineradoras lutando para contratar trabalhadores de minas e maquinistas, mesmo com a demanda reprimida alimentando uma alta nos preços das commodities.

A produção de minério de ferro da Austrália Ocidental chegou a 66,7 milhões de toneladas nos três meses até 31 de março, disse a BHP, abaixo da estimativa de consenso de 70 milhões de toneladas compilada pela Visible Alpha.

A produção de cobre em sua mina de cobre Escondida no Chile caiu para 226,4 mil toneladas de 249,3 mil um ano antes, disse a empresa.

((Tradução Redação São Paulo))

REUTERS LM NF

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos