Biólogo se surpreende com semelhança de animais fotografados em expedição com 'Bob Esponja' e 'Patrick'

·3 minuto de leitura

A comparação entre animais registrados por um equipamento controlado remotamente e dois personagens famosos de desenho animado foi inevitável para o biólogo Christopher Mah. Em uma postagem em seu perfil do Twitter, o especialista em estrelas do mar explicou que não costuma fazer esse tipo de referência, mas dessa vez não se conteve. Foi assim que o pesquisador afiliado à Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (NOAA) exclamou: "Bob Esponja e Patrick na VIDA REAL!" O post dele vem repercutindo e, até o momento, alcançou 1,5 mil curtidas.

— As cores são TÃO ICÔNICAS e chegam tão perto das cores dos personagens do desenho que eu apenas senti que a comparação PRECISAVA SER FEITA!! — admitiu o pesquisador ao EXTRA.

O biólogo explicou que quando costuma ver referências ao Bob Esponja e ao Patrick, os personagens não correspondem de fato à biologia verdadeira dos animais.

— Bob Esponja é obviamente modelado a partir de uma esponja de limpeza retangular e Patrick não tem nada a ver com uma estrela do mar real — afirmou. — Mas isso traz conscientização sobre esses habitats incomuns. Ainda que as cores sejam parecidas com as dos personagens famosos, é possível que aqueles dois animais, a esponja e a estrela do mar, ainda não sejam registradas ou sejam novas espécies. Nós ainda não sabemos!

Os animais lado a lado, semelhantes aos amigos produzidos pela Nickelondeon, foram fotografados na terça-feira pelo Okeanos Explorer — como parte da expedição em alto mar desenvolvida pela NOAA nas profundezas do Oceano Atlântico. Mah identificou a esponja como sendo do gênero Hertwigia, enquanto a estrela rosa é uma Chondraster. Ao portal "Business Insider", o cientista contou que a dupla estava na encosta da montanha subaquática Retriever, a 320 quilômetros da cidade de Nova York.

O tom de amarelo da esponja impressionou o biólogo, que afirmou não ser algo comum para uma criatura que vive em um habitat tão profundo. Segundo ele, as cores mais encontradas naquela região são laranja ou branco, o que ajuda na camuflagem num local sem muita luz. O mesmo quesito vale para a estrela, podendo ser em geral de rosa escuro, claro ou branco. Mas, para Mah, o tom brilhante da que foi observada perto do "Bob Esponja" lembrou ainda mais o "Patrick".

Apesar das semelhanças notadas pelo pesquisador, ele elencou algumas diferenças importantes. Talvez a principal seja o fato de que as estrelas do mar são carnívoras e, entre os animais de que se alimenta, está justamente a esponja do mar. O "Patrick" consegue estender seu estômago e digerir sua presa com determinadas enzimas. A aproximação entre eles, portanto, é provável que tenha sido a partir de um interesse do ser rosa em capturar o amarelo.

— Na verdade, esse tipo de estrela do mar, do gênero Chondraster, é um PREDADOR das esponjas, e provavelmente estava se aproximando da esponja amarela, do gênero Hertwigia, para se alimentar — destacou. — Seus nomes científicos são similares ao Homo, como em Homo sapiens. No entanto... (risos), bem, se a estrela do mar seria melhor amiga da esponja, talvez se fosse devorando-a!

Outra diferença é com relação à profundidade onde vivem. Tanto a esponja quanto a estrela do mar são encontradas em áreas bem mais abaixo do que a animação infantil faz parecer. A dupla da foto, por exemplo, estava a 1.885 metros de profundidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos