Biden afirma que novas restrições serão impostas nos EUA em função da covid

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse em 30 de julho de 2021 que novas restrições são possíveis devido ao aumento nos casos de covid-19
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente americano, Joe Biden, declarou nesta sexta-feira (30) que "com toda a probabilidade" novas medidas de restrição serão impostas em seu país em resposta ao aumento nos casos de covid-19.

Quando questionado se os americanos deveriam esperar por novas recomendações ou novas restrições das autoridades de saúde, o presidente respondeu que "com toda a probabilidade", antes de deixar a Casa Branca de helicóptero para o fim de semana.

Biden não especificou quais as medidas que poderão ser tomadas.

Os Estados Unidos estão expostos a um aumento nos casos de covid-19 devido à disseminação da variante Delta, altamente contagiosa.

Biden acrescentou, no entanto, que o país teve "um bom dia" quinta-feira em termos de vacinação.

“Quase um milhão de pessoas foram vacinadas”, anunciou, enquanto seu governo trabalha para reativar a lenta campanha de vacinação.

"Tenho esperança de que as pessoas estejam começando a perceber como isso é essencial", declarou o presidente.

As autoridades de saúde recomendaram esta semana que mesmo as pessoas vacinadas voltem a usar máscaras em ambientes fechados em áreas com altas taxas de infecção.

O governo federal também endureceu os regulamentos sanitários para seus milhões de funcionários, que agora devem se vacinar ou usar máscaras e fazer exames regularmente, mesmo em áreas com poucos casos.

aue/sw/jm/dg/rsr/am

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos