Biden anuncia nova remessa de US$1 bi para a Ucrânia

Presidente dos EUA, Joe Biden

Por Mike Stone e Patricia Zengerle e Humeyra Pamuk

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta quarta-feira uma nova infusão de 1 bilhão de dólares para a Ucrânia, que inclui sistemas de foguetes antinavais, foguetes de artilharia, howitzers e munição.

Em um telefonema com o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, Biden disse que informou o líder em guerra sobre os novos armamentos.

"Eu informei o presidente Zelenskiy que os Estados Unidos estão providenciando mais 1 bilhão de dólares em assistência de segurança para a Ucrânia, incluindo itens de artilharia e armamentos de defesa costeira, assim como munição para os sistemas de artilharia avançada", disse Biden em nota após um telefonema de 41 minutos.

O presidente também anunciou mais 225 milhões de dólares em ajuda humanitária para o povo da Ucrânia, incluindo o fornecimento de água potável, itens essenciais médicos e de saúde, alimentos, abrigos, e dinheiro para que famílias possam adquirir produtos de primeira necessidade.

Os últimos pacotes de armas para a Ucrânia incluem 18 howitzers, 36 mil rodadas de munição para eles, dois sistemas de defesa costeira Harpoon, foguetes de artilharia, rádios seguros, milhares de dispositivos de visão noturna, e verbas para treinamento, afirmou o Pentágono.

Os pacotes de auxílio, que chegam enquanto o secretário norte-americano de Defesa, Lloyd Austin, está se reunindo com aliados em Bruxelas, estão divididos em duas categorias: transferência de artigos de defesa em excesso de ações dos EUA, e outros armamentos financiados pela Iniciativa de Assistência de Segurança da Ucrânia (USAI), um programa separado autorizado pelo Congresso dos EUA.

O embaixador da Rússia na ONU, Vassily Nebenzia, acusou na quarta-feira os países ocidentais de "lutarem uma guerra por procuração contra a Rússia", dizendo a jornalistas: "Eu gostaria de dizer aos países ocidentais que fornecem armamentos à Ucrânia: o sangue de civis está nas suas mãos".

(Reportagem de Mike Stone, Patricia Zengerle, Humeyra Pamuk e Steve Holland em Washington)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos