Biden anuncia novo pacote de US$700 mi em ajuda militar à Ucrânia

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Forças dos EUA disparam um foguete do sistema HIMARS durante exercício militar nas Filipinas
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Steve Holland e Doina Chiacu

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta quarta-feira um novo pacote de 700 milhões de dólares em armas para a Ucrânia que irá incluir novos sistemas de artilharia de alta mobilidade, que podem atingir alvos a distâncias de até 80 quilômetros.

"Os Estados Unidos estarão com nossos parceiros ucranianos e vamos continuar a providenciar à Ucrânia armas e equipamentos para que possam se defender", disse Biden em nota.

Biden anunciou o plano para dar à Ucrânia os sistemas de foguetes de precisão HIMARS, após receber garantias de Kiev de que eles não seriam utilizados para atingir alvos dentro do território russo. Biden impôs essa condição para tentar evitar que a guerra tenha uma escalada ainda maior.

"Os ucranianos nos deram garantias de que não utilizarão esses sistemas contra alvos no território russo", afirmou o secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, em uma aparição ao lado do secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg.

Uma autoridade sênior do Departamento de Defesa norte-americano, em um briefing a jornalistas no Pentágono, disse que os Estados Unidos irão enviar inicialmente quatro sistemas HIMARS à Ucrânia.

Levará cerca de três semanas para ensinar as forças ucranianas como utilizar os novos sistemas, afirmou a autoridade.

"Nenhum sistema irá virar o rumo da guerra. Essa é uma batalha de vontade nacional... é um conflito duro, desgastante", afirmou Colin Kahl, subsecretário de políticas de Defesa a jornalistas.

(Reportagem de Steve Holland, Phil Stewart, Idrees Ali, Mike Stone, Humeyra Pamuk, Simon Lewis, Doina Chiacu e David Ljunggren)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos