Biden considera a aprovação de seu plano de infraestrutura "um avanço colossal"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
O presidente dos EUA, Joe Biden, no State Dining Room da Casa Branca em Washington, DC em 6 de novembro de 2021 (AFP/ROBERTO SCHMIDT)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, celebrou neste sábado(6) a adoção de seu gigantesco plano de investimentos em infraestrutura, considerando-o "um avanço colossal" alcançado após meses de complicadas negociações.

Ele afirmou que promulgaria "em breve" a lei de 1,2 trilhão de dólares, que recebeu o aval final do Congresso dos Estados Unidos na noite de sexta-feira, com o apoio da maioria democrata e também de republicanos.

“A todos aqueles que se sentem abandonados e marginalizados por uma economia que muda tão rapidamente: esta lei é para vocês”, disse o presidente democrata, acrescentando que os empregos que serão criados a partir desta norma “não precisarão de diploma universitário”.

Ele também prometeu fazer com que o Congresso votasse seu plano de reformas sociais e ecológicas, ainda bloqueado por divisões internas no campo democrata.

“Vou ser claro: vamos aprovar na Câmara dos Deputados e vamos aprovar no Senado”, disse ele, estimando que o projeto “Reconstrua Melhor”, de 1,7 trilhão de dólares, seria um "investimento histórico".

Questionado sobre a razão de seu otimismo, Biden respondeu com um sorriso: "Eu".

fff/dax/dg/lda/jc

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos