Biden considera violência no Capitólio um dos 'dias mais sombrios' da história americana

·1 minuto de leitura
O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, anuncia os nomeados-chave para o Departamento da Justiça em Wilmington, Delaware, 7 de janeiro de 2021

O presidente eleito Joe Biden criticou Donald Trump nesta quinta-feira (7), um dia depois que manifestantes pró-Trump invadiram o Capitólio, dizendo que o líder em fim de mandato causou um dos "dias mais sombrios" da história dos Estados Unidos.

"Ele lançou um ataque máximo às instituições de nossa democracia desde o início", declarou Biden. A invasão do Capitólio na quarta-feira foi "um dos dias mais sombrios da história de nossa nação", acrescentou.

Biden, acusou as autoridades de terem tratado os apoiadores de Trump com mais condescendência que os participantes dos protestos antirracistas que foram dispersos à força no ano passado em Washington.

"Se tivesse sido um grupo do (movimento antirracista) Black Lives Matter o que protestava ontem, teria recebido um tratamento muito diferente do que recebeu a turba de bandidos que invadiu o Capitólio", afirmou Biden.

"Todos sabemos que isso é verdade e é inaceitável", acrescentou.

wat/ft/ic/mvv