Biden diz que EUA e Japão vão enfrentar juntos 'desafios' da China

·1 minuto de leitura
O presidente americano, Joe Biden (D), caminha ao lado do premier japonês, Yoshihide Suga, no Jardim da Casa Branca, em 16 de abril de 2021

O presidente americano, Joe Biden, disse nesta sexta-feira (16) que seu país e o Japão vão enfrentar juntos os "desafios" trazidos pela China.

"Estamos comprometidos a trabalhar juntos para abordar os desafios que a China traz em temas como o Mar do Leste da China, o Mar da China Meridional e também a Coreia do Norte", disse o presidente americano durante coletiva de imprensa conjunta com o primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, o primeiro dignatário estrangeiro recebido por Biden na Casa Branca.

Suga assegurou, por sua vez, que os dois países vão se opor a "qualquer tentativa" de Pequim de "mudar o status" à força ou por intimidação no Mar da China Meridional e do Leste".

O primeiro-ministro japonês também reafirmou que o tratado de segurança entre os Estados Unidos e o Japão abrange o arquipélago de Senkaku, um território que a China denomina de Diaoyu e onde há uma atividade crescente de Pequim.

stc-an/lda/mvv