Biden diz que Taliban precisa decidir se quer reconhecimento internacional

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Presidente dos EUA, Joe Biden
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Susan Heavey

WASHINGTON (Reuters) - O Taliban precisa decidir se quer ser reconhecido pela comunidade internacional, disse o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, em uma entrevista à rede ABC exibida nesta quinta-feira, acrescentando que não acredita que o grupo tenha alterado suas crenças fundamentais.

Indagado se acha que o Taliban mudou, Biden respondeu à ABC News: "Não".

"Acho que eles estão passando por uma espécie de crise existencial: será que eles querem ser reconhecidos pela comunidade internacional como um governo legítimo? Não tenho certeza se querem", disse, acrescentando que o grupo parece mais comprometido com suas crenças.

Mas ele também disse que o Taliban tem que mostrar se consegue cuidar dos afegãos.

"Eles também se importam se eles têm alimento para comer, se têm uma renda que... possa impulsionar uma economia, eles se importam se conseguem ou não manter unida a sociedade com que dizem se importar tanto", disse Biden na entrevista gravada na quarta-feira. "Não estou contando com nada disso."

Ele também acrescentou que será preciso pressão econômica e diplomática --e não força militar-- para garantir os direitos das mulheres.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos