Biden diz que Trump é contra a polícia e não teve coragem para impedir ataque ao Capitólio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Presidente dos EUA, Joe Biden, visita a Arábia Saudita
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Trevor Hunnicutt

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, criticou vários de seus possíveis adversários republicanos nas eleições de 2024, nesta segunda-feira, dizendo que seu antecessor, Donald Trump, não teve "coragem" para impedir o ataque de 6 de janeiro de 2021 ao Capitólio.

"Os policiais foram heróis naquele dia: Donald Trump não teve coragem de agir", disse Biden em declarações gravadas para a conferência National Organization of Black Law Enforcement Executives.

"Os bravos homens e mulheres de azul em todo o país nunca devem esquecer isso. Você não pode ser pró-insurreição e pró-policial. Você não pode ser pró-insurreição e pró-democracia. Você não pode ser pró-insurreição e pró-americano."

Seus comentários para o evento na Flórida incluíram farpas contra outros republicanos proeminentes no Estado, como o governador Ron DeSantis, uma estrela em ascensão no partido e considerado possível candidato presidencial.

“No Estado em que vocês estão hoje, o governador DeSantis, o senador Marco Rubio, o senador Rick Scott se opuseram à proibição de armas de assalto”, disse Biden, que está se recuperando da Covid, em isolamento na Casa Branca.

"Para mim é simples: você não pode apoiar o uso de armas de guerra nas ruas americanas; você não está do lado da polícia."

Biden geralmente não aponta seus inimigos políticos pelo nome. Trump e DeSantis flertaram com a possibilidade de desafiar Biden nas eleições de 2024.

As eleições de meio de mandato em 8 de novembro determinarão se o Partido Democrata de Biden mantém o controle do Congresso e são consideradas um teste dos argumentos que serão apresentados aos eleitores a favor e contra um segundo mandato de quatro anos para Biden.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos