Biden e Bolsonaro se falaram 'como companheiros', diz porta-voz do Departamento de Estado

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

No encontro entre os presidentes Joe Biden e Jair Bolsonaro, na quinta-feira, o anfitrião da IX Cúpula das Américas expressou sua confiança no sistema eleitoral brasileiro e disse acreditar no processo democrático no Brasil. Com essas palavras, a porta-voz do Departamento de Estado Kristina Rosales deu alguns detalhes sobre a conversa entre os dois chefes de Estado.

Contexto: Nos EUA, Bolsonaro 'quebrou o gelo' com Biden e com o argentino Fernández

Vídeo: 'Encontro foi excepcional, muito melhor do que eu esperava', diz Bolsonaro após bilateral com Biden

Itamaraty: Relações com os EUA passam por 'estágio positivo' após encontro de Biden e Bolsonaro

— Temos confiança e sabemos que o processo eleitoral no Brasil será livre e justo, que vai obedecer e aceitar a voz do cidadão brasileiro, é o que queremos e esperamos que aconteça — afirmou Rosales, num perfeito português.

A funcionária do Departamento de Estado disse, ainda, que “nessa troca de ontem (quinta) vimos o respeito pela confiança que o governo americano tem no resultado que haverá na eleição daqui a alguns meses no Brasil”.

— O presidente Biden disse que acredita no processo democrático no Brasil, somos as duas maiores democracias no Hemisfério. O que a gente quer é que seja o brasileiro quem dê sua voz, e temos 100% de confiança de que isso vai acontecer — enfatizou Rosales.

'É igual a um casamento': Bolsonaro diz que veio para encontro com Biden só após agenda ser acertada

Segundo a porta-voz do Departamento de Estado, “o presidente Biden também ficou muito satisfeito, os presidentes se falaram como companheiros”.

— Ficamos muito felizes e satisfeitos pelo Brasil ter participado da cúpula, e pela reunião bilateral — concluiu Rosales.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos