Biden e Xi prometem evitar conflito EUA-China durante reunião em Bali

Os presidentes dos Estados Unidos e da China, Joe Biden e Xi Jinping, defenderam a necessidade de evitar o conflito e de melhor administração das relações entre as duas potências durante seu primeiro encontro presencial como chefes de Estado.

Depois de vários anos de crescentes tensões econômicas e geopolíticas, os presidentes das duas maiores economias do planeta apertaram as mãos no início da reunião na ilha indonésia de Bali, na véspera do encontro de cúpula do G20.

"Temos que encontrar o caminho correto para as relações", afirmou Xi Jinping, que se declarou disposto a manter uma conversa "sincera" com Biden sobre temas estratégicos.

"O mundo chegou a uma encruzilhada e espera que China e Estados Unidos administrem de forma adequada sua relação", disse o presidente chinês.

Biden expressou o desejo de que os dois países "administrem as diferenças e evitem que a concorrência vire um conflito".

Também enfatizou a importância do encontro presencial depois de várias conversas por telefone ou por videoconferência desde que chegou à Casa Branca em janeiro de 2021. O presidente americano se comprometeu a "manter as linhas de comunicação abertas".

sms-dbh/mar/fp