Biden mudará foco de desavença sobre pacote social para seus benefícios

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
O presidente dos EUA, Joe Biden, faz comentários sobre o teto da dívida dos EUA no State Dining Room da Casa Branca em Washington, EUA, 4 de outubro de 2021. REUTERS/Jonathan Ernst
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Jarrett Renshaw e Trevor Hunnicutt

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, cairá na estrada nesta terça-feira para tentar desviar o foco de uma desavença dentro do seu Partido Democrata a respeito de seu gigantesco pacote de gastos sociais para seus potenciais benefícios aos norte-americanos.

Democratas moderados e progressistas, que estão em choque, criaram um grande contratempo para Biden na semana passada quando não conseguiram levar adiante a proposta do presidente de um projeto de lei de infraestrutura de 1 trilhão de dólares ou de um projeto de lei de gastos sociais de 3,5 trilhões de dólares.

O presidente visitará o Michigan "para continuar angariando apoio público" para as duas iniciativas, disse a Casa Branca.

"Ele quer sair e falar sobre os componentes e as partes dos projetos de lei que tornarão melhor a vida das pessoas, mesmo enquanto estamos tendo conversas muito importantes sobre a logística legislativa aqui", disse a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, a jornalistas na segunda-feira.

Os democratas temem que, se não conseguirem aprovar o projeto de lei de infraestrutura, podem ser punidos por eleitores enfurecidos nas eleições parlamentares do ano que vem. Reparar a infraestrutura dos EUA foi uma das principais promessas de campanha de Biden.

O mais abrangente projeto de lei "Reconstruir Melhor" que Biden propôs inclui assistência infantil, moradia e benefícios de saúde, mensalidades gratuitas em universidades comunitárias e subsídios para energia limpa --todas as quais a Casa Branca disse que não elevarão a dívida da nação porque seriam financiadas por impostos sobre os ricos e as corporações.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos