Biden parabeniza Netanyahu após vitória nas eleições de Israel

Imagem de arquivo: o ex-primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu em Jerusalém.

JERUSALÉM (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, parabenizou nesta segunda-feira o ex-primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu por sua vitória nas eleições e disse que Washington observará atentamente enquanto Netanyahu forma um governo, que provavelmente incluirá partidos religiosos e de extrema-direita.

A porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre, disse que Biden "reafirmou a força da parceria bilateral e ressaltou seu apoio inabalável à segurança israelense".

"Continuaremos a monitorar de perto o processo de formação do governo", disse Jean-Pierre.

Netanyahu, após a ligação, escreveu no Twitter que disse a Biden que eles podem "alcançar mais acordos de paz e lidar com a ameaça de agressão iraniana".

Israel, durante o mandato anterior de Netanyahu, normalizou os laços com os Emirados Árabes Unidos e o Bahrein com o apoio dos EUA.

A quinta eleição de Israel em menos de quatro anos confirmou o retorno de Netanyahu, agora sustentado por partidos ultranacionalistas e religiosos menores. Seu bloco vitorioso inclui o parlamentar Itamar Ben-Gvir, um colono da Cisjordânia e ex-membro do Kach, um grupo militante judeu que está presente nas listas de terroristas israelenses e norte-americanas.

(Reportagem de Emily Rose e Andrea Shalal)