Biden quer que governos estaduais e locais paguem US$100 a americanos que tomarem vacina

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Vacinação em Nova York
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está solicitando que governos estaduais, locais e territoriais do país providenciem pagamentos no valor de 100 dólares para cada norte-americano que se vacinar, para assim impulsionar as taxas de vacinação contra a Covid-19 no país, afirmou o Departamento do Tesouro norte-americano nesta quinta-feira.

O Tesouro afirmou em nota que tais incentivos são um uso permitido de recursos do pacote de 350 bilhões de dólares em auxílio concedido a governos estaduais, locais, territoriais e tribais sob uma lei de plano de resgate. O departamento acrescentou que irá providenciar assistência técnica na utilização da verba para apoiar o aumento da vacinação.

O departamento também disse que está aumentando um crédito fiscal para que empregadores possam remunerar seus funcionários enquanto eles tiram dia de trabalho para se vacinarem, ou ainda para ajudar membros de suas famílias ou outros indivíduos a garantirem suas vacinações contra a Covid-19.

"Hoje, o presidente está pedindo aos governos estaduais, territoriais e locais que ofereçam pagamentos de 100 dólares para cada americano que se vacinar, como um incentivo extra para impulsionar o número de vacinados, proteger comunidades e salvar vidas", afirma o Tesouro em nota.

Mais cedo na quinta-feira, o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, anunciou que qualquer pessoa que tome sua primeira dose de vacina contra a Covid-19 em um estabelecimento administrado pelo município receberá o pagamento de 100 dólares.

(Reportagem de David Lawder)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos