Biden receberá presidente ucraniano na Casa Branca na 4ª-feira

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Trevor Hunnicutt

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, receberá o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, na Casa Branca na quarta-feira para demonstrar solidariedade entre os dois países, informou a Casa Branca no domingo.

A reunião ocorrerá dois dias depois do combinado, já que Biden está supervisionando a reação ao furacão Ida e a retirada das forças norte-americanas do Afeganistão.

"Esta visita confirmará o apoio inabalável dos Estados Unidos à soberania e à integridade territorial da Ucrânia frente à agressão em andamento da Rússia", disse um comunicado da Casa Branca.

Kiev e Moscou estão em atrito desde que a Rússia anexou a península ucraniana da Crimeia em 2014 e apoiou separatistas em um conflito no Donbass, região do leste da Ucrânia, que Kiev diz já ter matado 14 mil pessoas.

Os líderes também debaterão a segurança energética, além do "apoio (da Casa Branca) as esforços do presidente Zelenskiy para combater a corrupção e implantar uma agenda de reformas baseada em nossos valores democráticos compartilhados", acrescentou o comunicado.

A reunião acontece depois de o governo Biden ter anunciado no mês passado um acordo com a Alemanha que pretende tranquilizar em parte os temores ucranianos em relação ao oleoduto Nord Stream 2, que está sendo construído sob o Mar Báltico para transportar gás do Ártico russo para o território alemão.

(Por Trevor Hunnicutt e David Morgan; reportagem adicional de Ilya Zhegulev em Kiev)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos