Biden reconhece genocídio armênio

No dia em que os armênios relembram as vítimas do massacre, o presidente americano Joe Biden reconheceu os assassinatos de cerca de 1,5 milhão de pessoas como um genocídio. Ele é o primeiro líder americano a reconhecer desta forma os incidentes que aconteceram a partir de 1915.