Biden segue na liderança em estados-chave enquanto apuração se aproxima do fim

·1 minuto de leitura
***FOTO DE ARQUIVO***BRASILIA, DF,  BRASIL,  17-06-2014 - O vice presidente americano Joe Biden durante declaração à imprensa na Embaixada Americana em Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER) ORG XMIT: AGEN1406171341272849
***FOTO DE ARQUIVO***BRASILIA, DF, BRASIL, 17-06-2014 - O vice presidente americano Joe Biden durante declaração à imprensa na Embaixada Americana em Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER) ORG XMIT: AGEN1406171341272849

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O candidato à Presidência dos EUA pelo Partido Democrata, Joe Biden, continua em vantagem em relação a seu adversário republicano, Donald Trump, na apuração dos votos em quatro dos seis estados que ainda não tiveram um resultado definitivo.

Na Pensilvânia, 96% das cédulas foram contabilizadas e a última atualização coloca Biden 0,5% à frente de Trump, uma vantagem de 28.833 votos. O estado equivale a 20 delegados no Colégio Eleitoral e, se vencer por lá, Biden alcançará a marca de 273, três a mais que o mínimo necessário para ser declarado eleito.

Na Geórgia, a apuração está mais perto do fim, com 99% dos votos já contados. O democrata tem 0,1% de vantagem —7.248 votos. Ganhando os 16 delegados do estado, Biden chegaria a 269 votos no Colégio Eleitoral, o que, matematicamente, impediria Trump de conquistar os 270 necessários para ser reeleito mesmo que ele ganhasse em todos os outros estados em disputa.

Se os dois candidatos empatarem em 269 votos, a decisão sobre quem será o novo presidente caberia à Câmara dos Representantes dos EUA, em que cada bancada estadual vota em seu favorito.

Em Nevada, 7% dos votos ainda precisam ser contabilizados, enquanto Biden mantém a liderança com uma vantagem de 22.657 votos, equivalente a 1,8% das urnas. O estado garante seis delegados para a contagem no Colégio Eleitoral.

No Arizona, que equivale a 11 votos, Biden lidera com 29.861 votos à frente —1% de vantagem. No estado, 95% das cédulas já foram apuradas.

Trump continua na frente em dois estados: no Alasca (onde obteve 62,9% dos votos já contabilizados) e na Carolina do Norte (onde aparece com 1,4% de vantagem em relação a Biden).