Biden vence em Wisconsin, em golpe para Trump, diz imprensa americana

·1 minuto de leitura
O candidato democrata à Presidência, Joe Biden, discursa para simpatizantes na Filadélfia, Pensilvânia, 3 de novembro de 2020
O candidato democrata à Presidência, Joe Biden, discursa para simpatizantes na Filadélfia, Pensilvânia, 3 de novembro de 2020

O democrata Joe Biden venceu no "campo de batalha" do Wisconsin, ganhando em um estado onde o presidente Donald Trump venceu em 2016, e aumentando suas chances de chegar à Casa Branca, segundo projeções da imprensa americana.

A emissora CNN e o jornal The New York Times, citando a agência Associated Press, atribuíram a vitória no estado ao ex-vice-presidente, dando a ele mais dez votos no colégio eleitoral, totalizando 248 contra 213 para Trump. São necessários 270 votos no Colégio Eleitoral para ser eleito presidente.

A campanha de Trump anunciou a intenção de pedir uma recontagem de votos neste estado, alegando "informes de irregularidades, que trazem sérias dúvidas sobre a validade do resultado".

Com 94% dos votos apurados no estado, Biden venceu Trump por cerca de 20.000 votos.

Barack Obama venceu no Wisconsin por sete pontos em 2012. Mas Hillary Clinton sequer fez campanha lá em 2016, e acabou sofrendo uma derrota embaraçosa para Trump por menos de um ponto percentual.

sst/ft/mvv