'Big Brother Brasil': relembre os participantes que desistiram ou foram expulsos do reality e veja como estão hoje

·7 minuto de leitura

Passar três meses confinado não é tarefa fácil, não. E os brothers e sisters que desistiram do ''Big Brother Brasil'' durante o jogo estão aí para provar. Mas nem todos saíram antes do fim por conta própria: alguns tiveram problemas do lado de fora da casa mais vigiada do Brasil e outros violaram as regras do jogo, sendo expulsos pela produção. Abaixo, relembre quem foram os ex-BBBs que desistiram ou foram desclassificados do reality show.

Dilsinho Mad Max - 'BBB3'

Conhecido como Dilsinho Mad Max, o motoqueiro Dilson pediu para sair do ''BBB'' após 20 dias dentro da casa. Sua paixão pela participante e ex-miss Brasil Joseane, a precupação com sua imagem no mundo exterior e a pressão no programa fizeram com que o brother fosse ao confessionário e anunciasse sua saída para a produção do programa. Após o programa, o ex-BBB tentou atirar para todos os lados: se candidatou a deputado estadual e trabalhou como assessor da Secretaria estadual de Administração de Mato Grosso do Sul, formou uma dupla sertaneja (que não vingou) com o irmão, foi jurado de concursos de misses... Atualmente, ele é empresário e tatuador.

Marielza Souza - 'BBB5'

A dona de casa, com então 47 anos, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) enquanto tomava banho na jacuzzi da casa, no nono dia de confinamento. Ela foi socorrida e levada para o hospital, mas não pôde voltar à atração para cuidar da saúde. Ela foi substituída por Aline dos Santos. Desde sua participação no programa, ela ainda enfrentou outros dois acidentes vasculares cerebral. Atualmente, a ex-BBB está aposentada e recebe cerca de R$ 1.000 por mês. Ela divide com a filha mais velha, Carolina, um apartamento de dois quartos, próximo à comunidade do Rio das Pedras, em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

Leonardo Jancu - 'BBB9'

Após ser escolhido para o temido Quarto Branco, o brother decidiu deixar o programa. Acompanhado de Ralf e Newton, Leo foi à loucura com o quarto que imitava uma solitária, sem janelas, pequeno e totalmente isolado do restante da casa. Após 17 horas, Leonardo não aguentou e apertou o botão vermelho, indicando sua desistência do reality show. No ano passado, Leonardo foi muito lembrado após Manu Gavassi, Felipe Prior e Gizelly Bicalho serem mandados para o Quarto Branco. Doze anos depois da desistência, Leonardo, que na época do programa era estudante de Administração, hoje é dono de restaurantes em São Paulo e foi pai pela primeira vez no ano passado.

Daniel Echaniz - 'BBB12'

O modelo Daniel Echainz foi desclassificado após se envolver em um dos casos mais graves e polêmicos da história do reality. Primeira expulsão do BBB, Daniel foi investigado por abusar sexualmente da sister Monique Amim, após a divulgação das imagens do quarto onde os dois estavam, que sugeriam movimentos debaixo do cobertor. Monique, entretanto, estava desacordada no momento em que isso acontecia, e Daniel foi expulso do programa por "grave comportamento inadequado". O caso foi tão absurdo que voi divulgado na mídia internacional, como nos jornais britânicos Daily Mail e The Guardian. Hoje, o ex-BBB segue atuando como modelo, se dividindo entre o Rio e São Paulo. Sua conta no Instagram é fechada.

Kleber Bambam - 'BBB13'

Vencedor da primeira edição do Big Brother, Kleber Bambam não alguentou passar pelo confinamento mais uma vez, quando participou de novo do reality em 2013. Logo na primeira semana, ele protagonizou uma das brigas mais marcantes da edição, com Aline Mattos. Ao alegar muita pressão, o brother foi ao confessionário e informou sua desistência. Atualmente, ele é fisiculturista e dono de uma loja de materiais e produtos esportivos. Além disso, ele também possui um canal no Youtube. Nos últimos anos, Bambam viralizou na internet por seus vídeos de malhação intensa.

Tamires Peloso - 'BBB15'

A saudade da família pode ser decisiva para a permanência ou não no reality. Além de alegar que estava sofrendo pela distãncia da filha, a participante Tamires Peloso pediu para sair da casa após dar um selinho em um dos brothers, que se envolveu com sua amiga Talita, eliminada do programa. Com a culpa e a saudade, Tamires deisistiu do prêmio, faltando um mês para a final. Depois do 'BBB', Tamires enfrentou haters nas redes sociais e chegou a batalhar pela guarda da filha, Maya, na justiça. Hoje, ela atua como digital influencer, mostrando looks e maquiagens aos seguidores do Instagram.

Alan Marinho - 'BBB16'

Alan Marinho deixou a disputa no 18º dia de confinamento, apósser informado pela produção de que o pai, na época com câncer de pulmão, estava em estado grave. Diante da situação, ele preferiu sair do programa para ficar ao lado da família. O pai do ex-BBB morreu poucos dias depois da decisão, aos 76 anos. Em entrevista, Alan afirmou que fez a escolha certa ao sair do programa e negou se arrepender. O doutor em Filosofia resolveu se afastar das redes depois do reality.

Ana Paula Renault - 'BBB16'

Ana Paula tinha tudo para ganhar o BBB16. Após voltar para a casa aclamada pelo público, depois de um paredão falso, e lançar o bordão ''olha ela!'', a loira se envolveu em uma das muitas discussões com Renan. Durante uma festa e depois de algumas bebidas, Ana Paula foi provocada por Adélia, que jogou bebida em seu cabelo. Ana Paula então foi discutir com Renan e deu um tapa na cara do brother. Logo após a agressão, ele foi ao confessionário e o programa teve que cumprir as regras, eliminando a participante. Dois anos depois do ''BBB'', Ana Paula participou de ''A fazenda'', na Record. Hoje, ela é apresentadora do ''Triturando'', que comenta notícias de famosos, no SBT.

Marcos Harter - 'BBB17'

Um dos casos mais graves que levaram a expulsão de um dos participantes foi protagonizado por Marcos Harter e Emily Araújo, campeã da edição. Após uma festa na casa, o casal se envolveu em uma briga. Exaltado e agressivo, Marcos encurralou a jovem contra a parede, segurando seu braço com força. Após o envolvimento da Polícia Civil do Rio de Janeiro, médicos, advolgados e psicólogos, foi comprovada a agressão física contra Emily, que levou a expulsão imediata de Marcos. No mesmo ano, o médico entrou para o elenco de ''A fazenda'' e terminou em segundo lugar na disputa do reality da Record TV. Logo depois, ele engatou na carreira política. Em 2018, tentou se eleger deputado estadual e, em 2020, pelo Solidariedade, ele concorreu a vereador por Sorriso, em Mato Grosso, mas não conseguiu se eleger.

Vanderson Brito - 'BBB19'

Durante a divulgação dos nomes dos participantes, surgiram denúncias nas redes sociais de agressão, abuso e importunação por parte de Vanderson. Com as acusações, o acreano foi intimado a depor na Delegacia de Atendimento à Mulher em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio de Janeiro, e, por isso, teve que ser desclassificado do programa. Após oito meses de julgamento, Vanderson foi inocentado. Depois de participar do ''BBB'', Vanderson voltou a atuar como biólogo e ambientalista. Recentemente, o ex-BBB brincou com os seguidores sobre um possível retorno à casa mais vigiada do Brasil.

Hariany Almeida - 'BBB19'

Quando o clima esquenta na casa, não há amizade que suporte. Esse foi o caso da finalista Hariany Almeida, que foi desclassificada após agredir sua melhor amiga na casa, Paula von Sperling, vencedora da edição. Após curtirem a última festa e beberem demais, as inseparáveis acabaram discutindo. Paula mandou Hariany calar a boca e fez caras e bocas de deboche, mas a vencedora foi em direção à amiga para dar um abraço. Hariany não estava querendo saber de reconciliação e empurrou Paula, que caiu de bunda no chão com toda a força. No dia seguinte, o apresentador Tiago Leifert anunciou que Hariany violou as regras do programa e foi desclassificada. A bela conseguiu dar a volta por cima e, ainda em 2019, participou de ''A fazenda'', onde foi vice-campeã. Atualmente, ela atua como digital influencer e é uma das ex-BBBs mais seguidas no Instagram, acumulando 9,6 milhões de seguidores.