Bilionário Richard Branson voa para espaço em nave Virgin Galactic e retorna em segurança

·2 minuto de leitura
Espaçonave Virgin Galactic retorna do espaço

Por Steve Gorman

TRUTH OR CONSEQUENCES, EUA (Reuters) - O bilionário britânico Richard Branson voou neste domingo mais de 80 quilômetros acima do deserto do Novo México a bordo de sua espaçonave Virgin Galactic e voltou com segurança no primeiro teste com a nave totalmente tripulado no espaço, um marco simbólico para o projeto que ele iniciou há 17 anos.

Branson, um dos seis tripulantes da Virgin Galactic Holding presentes no voo, elogiou a missão como pioneira nesta nova era do turismo espacial, com a empresa que ele fundou se dizendo pronta para iniciar as operações comerciais no ano que vem.

O sucesso da empreitada também deu ao extravagante bilionário o direito de se gabar em uma rivalidade que ganhou grande atenção do público entre ele e o também bilionário Jeff Bezos, magnata do varejo online dono da Amazon, que esperava ser o primeiro a voar para o espaço na nave de sua própria companhia.

O lançamento do foguete VSS Unity em alta altitude neste domingo marca o 22º vôo de teste da empresa com seu sistema SpaceShipTwo e a quarta missão tripulada que vai além da atmosfera terrestre. É também o primeiro voo a transportar um conjunto completo de viajantes espaciais --dois pilotos e quatro "especialistas", entre eles Branson.

A uma semana de seu aniversário de 71 anos, Branson e seus companheiros de missão caminharam pela pista do espaçoporto do Novo México acenando para uma multidão de curiosos antes de embarcarem no avião-foguete Unity estacionado na pista de taxiamento.

O vídeo postado pela Virgin Galactic mostrou Branson momentos antes chegando ao espaçoporto em sua bicicleta e cumprimentando seus companheiros de tripulação com um abraço.

Uma reunião festiva de executivos da indústria espacial, futuros clientes e outros simpatizantes foi realizada para testemunhar o evento de lançamento, que foi transmitido ao vivo com apresentação do figurão da TV Stephen Colbert. Entre os presentes, estava o bilionário e pioneiro da indústria espacial Elon Musk, que também é fundador da montadora de carros elétricos Tesla.

Após a decolagem, o cantor de R&B e indicado ao Grammy Khalid está programado para subir ao palco e apresentar seu single "New Normal".

O avião espacial branco foi erguido preso à parte de baixo de um jato porta-aviões VMS Eve, com fuselagem dupla especialmente projetada --o nome Eve foi batizado em homenagem à falecida mãe de Branson. O avião decolou por volta das 11h40, no horário de Brasília.

Ao atingir uma altitude de 45 mil pés, o Unity separou-se da nave-mãe e a tripulação deu a ignição mo motor do foguete para enviar a nave espacial direto para a escuridão do espaço a cerca de 88,5 km de altura, onde a tripulação experimentou cerca de quatro minutos de microgravidade, antes da espaçonave mudar para o modo de reentrada e iniciar o descenso para a pista do espaçoporto. O voo completo, da decolagem à aterrissagem, levou cerca de 90 minutos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos